Jesus Cristo é a fonte de salvação para o sedento pecador

image_printImprimir

Jesus Cristo é a fonte de salvação para o sedento pecadorEu desejo convidar o prezado leitor a acompanhar a leitura no Evangelho de João 7.37: “E no último dia, nos grande dia da festa, Jesus pôs-se em pé e clamou, dizendo: ‘Se alguém tem sede, venha a mim e beba’”. Deus tem o tempo certo para tudo neste mundo; existe o adágio popular que “Deus tarada, mas não falha”, mas, aconteceu que Ele nunca “tardou” e nunca “faltou”. Resumindo: Ele chega no tempo certo!

No tempo certo, o Senhor Jesus compareceu à Festa dos Tabernáculos. Lá chegando, diante de toda aquela gente, lá estava um homem simples, com a face meiga e os olhos que transmitiam benevolência em um local onde pudesse sobressair-se. Naquele momento, Jesus revela-se aos presentes e diz: “Quem tem sede venha a mim e beba”. É impossível que aquela gente não pudesse alcançar toda a profundidade da revelação de Cristo. Ele não estava oferecendo o líquido que todos nós conhecemos, e que no Oriente Médio é um bem muito precioso, mas o Senhor estava falando de algo muito maior: a solução para a vida espiritual, consequentemente, para todas as áreas da vida. O Mestre disse “Quem tiver sede”. Ou seja, “quem reconhece que tem um problema” venha a mim que eu apresento a devida solução.

Certa feita, o Senhor travou um diálogo com a mulher samaritana, junto ao poço de Jacó, oferecendo essa mesma fonte de água viva. No início, aquela senhora não conseguiu compreender as palavras profundas do Mestre. Ele estava se referindo à vida espiritual, ou seja, um bem que a Lei de Moisés e os mestres religiosos da época não podiam oferecer. Jesus disse àquela mulher naquele instante que Ele era a fonte das bênçãos para toda a humanidade. Para aquela mulher, o Mestre disse “aquele que beber da água que eu lhe der nunca terá sede, porque a água que eu lhe der fará nele uma fonte de água a jorrar para a vida eterna”. Desejo informar algo importante para você acerca desse assunto: todos nós sabemos que Deus, o Senhor, é o Criador, e nós somos criaturas, dependentes Dele. Ele tem o favor do céu, ou seja, tudo o que precisamos a fim de vivermos bem.

Observamos o capítulo 47 do livro do profeta Ezequiel. Ali, ele percebeu que no sul do altar de Deus havia um nascedouro de águas, de procedência celestial. Quero dizer-lhes que a nascente não secou e o Senhor ainda continua a enviar águas purificadoras para que os homens bebam e tenham seus problemas solucionados, porque Deus é o Senhor de toda a criação.

Por, José Wellington Bezerra da Costa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Google Translate »