Que vida é essa que agora você vive? Jesus é a esperança que você precisa!

Que vida é esse que agora você vive - Jesus é a esperança que você precisa!No texto da carta de Paulo aos Gálatas, no capítulo 2, versículo 20, o apóstolo faz alusão à sua presente vida. As suas experiências lhe autorizavam analisar de forma mais profunda a vida que vivia. Cada um de nós tem em sua vida momentos diversos. Em Efésios 2.5, 12, 13, Paulo mostra a transformação que Deus fez em sua vida.

Há períodos em que experimentamos o nosso “Éden”, desfrutamos das provisões, da proteção, dos cuidados carinhosos do nosso Deus. A nossa desobediência é que nos faz perder o “Éden”, e para reavê-lo precisamos do auxílio de Jesus. São pelos méritos de Cristo que somos salvos e abençoados. Ele pagou com Seu sangue o preço da nossa Redenção. Porém, isso não significa dizer que não temos de “pagar ainda um preço”, por assim dizer. Em que sentido?

Não podemos esquecer que cada um de nós tem o compromisso de, em gratidão pelo que Cristo fez por nós, demonstrar fidelidade a Deus. Ele nos toca para nos provar. Todos nós temos que enfrentar o nosso deserto, com provações, sofrimentos e doenças, e que podem durar um longo ou curto período. Nesse período, o crente salvo mostra o valor da sua confiança em Deus. Jó é o nosso paradigma. O seu sofrimento, dor e desprezo não afetaram a sua paciência, perseverança, fé e confiança em Deus. O homem mais rico do Oriente quebrou num só dia. Perdeu suas propriedades, animais, filhos, saúde; até a sua mulher foi incompreensível, mandando-o blasfemar contra Deus. Jó pouco podia falar, os seus gemidos expressavam sua dor.

Há alguma semelhança com a sua vida? Qual é o período que você experimenta hoje? E quanto a você que, pela graça de Deus, está desfrutando o seu Éden, cuidado! Não desobedeça ao Senhor. Você pode perder o lugar das bênçãos de Deus. E quanto a você que saiu do “Éden”, lembre-se que Deus te oferece uma nova oportunidade. Ele tem vestes novas pra você! Dirijo-me também a você que está experimentando o período do sacrifício, perdendo tudo, dinheiro, casa, carro; os filhos não o entendem, e nem a sua esposa. Você ainda terá que subir a montanha. O sacrifício deverá acontecer lá em cima. Amarre o jumento e deixe-o com aqueles que não têm compromisso com Deus. Suba com confiança o seu Moriá, leve lenha e o cutelo, e não se esqueça do fogo. Deus tem uma solução para o seu Isaque. Jó confiou no Senhor, que lhe restituiu em dobro. O vento forte vai passar, a bonança vai chegar. A vida de Jesus começou na manjedoura, passou pelo Getsêmani, enfrentou o Calvário, mas Ele, ao final, subiu vitorioso para o Céu. Pense nisso.

Por, José Wellington Bezerra da Costa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Google Translate »