Pesquisas revelam que o ateísmo cresce na Europa e em países muçulmanos

Pesquisas revelam que o ateísmo cresce na Europa e em países muçulmanosUma pesquisa realizada pelo instituto Gallup Internacional em 57 países com relação às crenças religiosas deu conta de que o número de pessoas religiosas caiu quase 10 pontos percentuais. Segundo a pesquisa, em 2005 o contingente das pessoas religiosas girava em torno de 77%; em 2011 esse percentual representava 68% enquanto que os ateus passaram de 3% para 13% no mesmo período.

O professor de sociologia e estudos seculares do Pitzer College (Califórnia – EUA), Phil Zuckerman concedeu entrevista à BBC e disse que o crescimento de ateus é visível por todo o planeta. “Há muito mais ateus no mundo hoje do que jamais houve, tanto em números absolutos quanto em porcentagem da humanidade”.

Os especialistas afirmam que a estabilidade econômica e a política é um dos principais fatores para o crescimento do número de ateus em alguns países do continente europeu. Alias onde o contingente de ateus superou o número de religiosos.

A lista indica países como Canadá, Japão, Grã-Bretanha, Holanda, Alemanha, França, República Tcheca e Uruguai como países onde existe os menores índices de crença religiosa em todo o mundo. Os Estados Unidos abrigam 2,4% de uma população constituída por ateus.

“Apesar desse crescimento, não há riscos da religião acabar no mundo. Declínio, no entanto, não quer dizer desaparecimento. Por alguma razão, a religião parece dar um sentido de sofrimento, muito mais do que qualquer ideal secular”, disse o psicólogo social da Universidade da Columbia Britânica em Vancouver (Canadá), Ara Norenzayan.

Mas o secularismo que tem devastado a Europa ultrapassou fronteiras e também atingiu os países de orientação muçulmana. Uma pesquisa divulgada pelo órgão estatal Dar al-IFTA que anuncia informações ligadas ao islamismo revelou que o Egito tem 866 ateus. O conteúdo parece insignificante por ela representar 0,001% da população nacional, mas para as autoridades egípcias as informações são preocupantes.

A Universidade Al-Azhar, instituição que goza muito prestígio dos sunitas, divulgou que o contingente de ateus pode chegar a 10,7 milhões e que a estatística representa 12,3% de egípcios totalmente desligados de qualquer religião. O números comprovam que os ateus em países islâmicos estão sendo representados e cada vez mais organizados graças à internet.

Países muçulmanos como Tunísia, Sudão, Egito e Arábia Saudita foram listados pelo jornal alemão DW como nações em que foram localizados alguns grupos de ateus no Facebook. Aos olhos islâmicos, os ateus são classificados como agentes da discórdia entre seus fiéis, algo visto como um pecado grave.

Por, Gospel Prime.

One Response to Pesquisas revelam que o ateísmo cresce na Europa e em países muçulmanos

  1. Que informações ótimas de para serem assimiladas do meu ponto de vista.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Google Translate »