O Senhor opera milagres

O Senhor opera milagresVamos meditar um pouco na passagem bíblica de Marcos 5.21-34. Esse texto fala a respeito de uma mulher que há muito tempo estava enferma e foi curada por Jesus.

O texto nos diz que Jesus é chamado por um homem por nome Jairo, que lhe pede para que vá à sua casa, pois a sua filha estava muito enferma. Jesus então se dirige para a casa de Jairo. A Bíblia diz que uma multidão acompanhava o Senhor no percurso. A multidão estava cercando o Senhor Jesus. Eu posso ver Jesus andando e a multidão ao Seu redor. Muitos, quem sabe, curiosos para ver como seria aquela cura, como era que Jesus iria atender àquele pedido, como era que Jesus iria atender àquele clamor. Mas, certamente nomeio daquela multidão havia pessoas que tinham sido alcançadas pelo Senhor Jesus. Pessoas que estavam enfermas, que estavam com problemas, quem sabe até que foram endemoninhadas, mas foram libertas pelo Senhor, e O acompanhavam. Eram pessoas que acompanhavam Jesus por que foram alcançadas por Ele, pessoas que acompanhavam para glorificar ao Senhor, mas havia pessoas que acompanhavam por curiosidade, para saber como Ele iria operar milagres na vida de cada uma pessoa, como seria a operação do milagre, ou como Ele atenderia determinadas pessoas.

Jesus se dirigia para a casa de Jairo, mas em meio àquela multidão a Bíblia nos destaca uma mulher. As Escrituras destacam alguns detalhes sobre ela. Era certa mulher, não diz o seu nome, não diz a sua origem, não diz a sua idade. Apenas diz que havia 12 anos que ela tinha um fluxo de sangue. Uma enfermidade que a impedia de conviver com a sociedade. Ela, por causa daquela enfermidade, era declarada pelos sacerdotes como uma mulher imunda.

Aquela mulher, com certeza, tentou chegar perto de Jesus. A Bíblia destaca ainda que ela tinha gastado tudo que possuía com os médicos. Quantos médicos certamente aquela mulher consultou para que pudesse encontrar uma saída, uma cura para sua enfermidade. Como nos dias de hoje, se nós vamos ao médico e ele nos diagnostica com uma enfermidade grave, a gente não se conforma em ouvir só um médico, vamos para o segundo médico, vamos para um terceiro médico. Assim certamente fez aquela mulher. A Bíblia diz que ela procurou muitos médicos e eles não trouxeram a cura que ela precisava. Ela, mesmo tendo gastado tudo o que tinha, continuava enferma.

Quem sabe aquela mulher tentou certamente se aproximar de Jesus, fazendo o que Jairo havia feito, pedindo que Jesus a curasse, mas ela trouxe em seu pensamento: “se tão somente tocar em suas vestes eu sararei. Se eu tocar nele, serei curada”. Por que veio esse pensamento? Primeiramente ela absorveu que aquEle verdadeiramente era o Messias. Ela pensou, ela idealizou, ela aceitou que na verdade aquEle que andava em direção à casa de Jairo era o Messias. Era o Filho de Deus. Ela então entendeu que por ser o Messias tinha poder até em Suas vestes. Ela entendeu que Jesus tinha poder para curar as suas enfermidades. Isso é muito importante! É reconhecer a Jesus como sendo Deus, é reconhecer a Jesus como aquEle que opera milagres. Quando você estiver certo, quando você tiver a certeza que Ele opera milagres, então você pode tocar nEle com confiança. Você pode falar com Ele com confiança. Você pode clamar a Ele com confiança.

Será preciso falar isso? Será que todos os crentes não sabem que Jesus cura? Será que os crentes não sabem que Jesus opera milagres? Olha meus amados, existem alguns que ainda não tiveram experiência pessoal com Deus e que ainda não O conhecem como o Jesus que opera milagres. Há pessoas que ainda não sabem que Jesus opera maravilhas.

Não importa para nós o tamanho do milagre, pois para Jesus, milagre não tem tamanho. Não importa a dificuldade de problema para nós, por que para Jesus, milagre é milagre. Milagre para Jesus é curar alguém de uma enxaqueca. Para Jesus, curar alguém em estado terminal de câncer é milagre; ressuscitar um morto é milagre; salvar uma alma é milagre; batizar um crente com o Espírito Santo é milagre.

Continua

Por, José Wellington Costa Junior.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Google Translate »