Médicos cristãos reunidos na Rússia relatam milagres

Profissionais se surpreendem por testemunho de cura de cegueira

Médicos cristãos reunidos na Rússia relatammilagresAconteceu nos dias 20 e 21 de outubro do ano passado, na histórica cidade de São Petersburgo, na Rússia a 114ª Conferência da Rede Mundial de Médicos Cristãos (WCDN), onde os médicos cristãos de todo o mundo reuniram-se a fim de compartilhar suas experiências com casos sobrenaturais que aconteceram pelo poder de Deus.

A reunião dos médicos ganhou contornos até então inimagináveis, por dois motivos: os seus testemunhos impactantes e o seu significado diante das recentes leis ‘antiterroristas’ outorgadas pelas autoridades russas, a medida visa restringir a atividade evangelística dos protestantes. A medida é chamada de “Lei Yarovaya” (por causa da parlamentar que a elaborou), e foi elaborada para restringir as práticas das minorias religiosas. O objetivo do governo russo é garantir a prioridade da Igreja Ortodoxa Russa.

Os médicos reunidos compartilharam seis casos de cura divina além de quatro palestras com os respectivos temas: “É Deus quem cura”, pelo Dr. Gilbert Chae (Coreia do Sul e presidente da WCDN); “Águas doces de Muan”, pelo Dr. David Eu (Singapura); “Céu” pelo Dr. Vitaliy Fishberg (EUA); e a apresentação do DVD “A Grande Inundação de Noé”.

Os seis casos de cura divina referem-se à cura de artrite, apendicite aguda, tuberculose pulmonar, fraturas complexas, cegueira e estrabismo, que aconteceram em resposta às orações. Foi comentado um caso de cegueira que surpreendeu muitos médicos, devido ao registro bíblico no qual Jesus curou pessoas cegas no Novo Testamento.

“As apresentações de casos dos médicos coreanos foram muito inspiradoras, e especialmente o desempenho da equipe coreana foi de muito alta qualidade e espiritualidade”, disse o Dr. Andre Gasiorowski, presidente da Coalizão ‘Helping Hands’ e um dos organizadores da conferência WCDN.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Google Translate »