Jovem assembleiana é curada de último estágio de câncer

Jéssica Borges, membro da Assembleia de Deus em Pilarzinho (PR), teve Linfoma de Hodkin com apenas 20 anos, mas Deus a curou

Jovem assembleiana é curada de último estágio de câncerO ano de 2013 foi marcante para a jovem Jéssica Borges, na época com 20 anos e membro da Assembleia de Deus do Pilarzinho (PR), dirigida pelo pastor Ney Silva, e ligada à Assembleia de Deus Curitiba, liderada pelo pastor Wagner Gaby. Ela e seu esposo Gessé Araújo se uniram em matrimônio no mês de março daquele ano, debaixo da bênção do Senhor. Porém, apenas dois dias após a celebração, viria a primeira grande luta do casal. Jéssica sentiu um nódulo no pescoço que, apesar de chamar sua atenção, devido a sua idade e saúde, não se preocupou de imediato, pois imaginava se tratar de algo simples, passageiro. Outros dois dias se passaram e o lado do pescoço onde o nódulo estava situado ficou muito inchado, causando grande apreensão ao casal.

Chegando ao hospital curitibano Zilda Arns, após a realização de inúmeros exames de sangue, Jéssica foi submetida a uma pequena cirurgia para remoção do nódulo para realizar biópsia. Outros nódulos menores também foram descobertos no local. A cada exame de Imunohistoquímica, diversas tomografias, Jéssica e seu marido clamavam ao Senhor, aguardando o diagnóstico que só viria um mês depois: Linfoma de Hodgkin. Ou seja, a jovem que acabara de completar 20 anos estava com um câncer que se origina nos gânglios do sistema linfático (conjunto formado por órgãos e tecidos que produzem as células responsáveis pela imunidade e por vasos que conduzem essas células por todo o corpo).

Se a palavra câncer já assusta, imagine se tratando de um linfoma que de acordo com dados do Instituto Nacional do Câncer, leva a óbito aproximadamente 483 pessoas por ano no Brasil.

“Lembro que eu recebi a notícia numa sexta e nem consegui almoçar. No sábado aconteceu o culto jovem, onde cantamos “Deus pode” e toda a igreja entrou em oração em meu favor. Recebi o conforto do Senhor e apoio fraterno de todos os meus irmãos em Cristo”, conta Jéssica, que creu naquela canção e se agarrou a ela no decorrer de toda a sua jornada.

Ela conta que ao chegar no primeiro dia ao hospital Herasto Gaertner, onde seria seu tratamento, presenciou situações terríveis, pessoas deformadas definhando pelo câncer, que consumia muitas vidas.

“Quando comecei, a realizar seções de quimioterapia entrei num propósito de oração contínua e Deus me fortalecia todos os dias”, testemunha.

Um exame muito importante para verificar o nível de gravidade da doença é a biópsia da medula óssea. Quando o resultado de Jéssica saiu, ela descobriu que o câncer tinha afetado a medula óssea, o que a situava entre os pacientes com doença avançada, estágio IV, último e mais grave estágio da doença.

“Ao receber esta notícia, por um instante pensei que Deus não estava me ouvindo, realizei uma pesquisa breve e descobri que pessoas com este nível de câncer não vivia muito tempo e praticamente não havia mais o que se fazer”, diz a jovem.

No início do ano seguinte, após oito meses de luta, ela conta que se sentia tão debilitada, sua imunidade baixa a deixava vulnerável a ponto de qualquer simples gripe representar uma séria ameaça.

“Em uma de minhas orações perguntei ao Senhor se eu sobreviveria, não suportava mais as seções de  quimioterapia, não conseguia me alimentar, me sentia fraca o tempo todo, meu cabelo começou a cair… Na mesma sema na em que orei, um grupo de irmãs me visitou e Deus falou comigo, Ele usou um irmão em tom profético para me responder: ‘Você não irá morrer’”, relembra.

E o Senhor cumpre a sua Palavra! Há exatamente um ano, ela soube que os exames realizados em dezembro de 2013 havia mudado totalmente seu diagnóstico, pois contrariando todos os prognósticos médicos e todos os dados estatísticos sobre a doença, ele indicava a cura do câncer! Onde havia nódulos enormes, alguns de até 17 cm, não existia mais nada.

“Este foi um dia muito feliz, quando olhei no espelho percebi que não existia qualquer desproporção entre os lados do meu pescoço e que eu estava curada… Nunca deixei de confiar no Senhor Jesus, Ele operou em mim este milagre. Tenho ciência de que Deus transformou minha vida, isto era realmente necessário. Outrossim, após a cura tenho desfrutado de muitas realizações: consegui comprar minha casa, fui aprovada no exame da OAB e conclui neste mês meu curso de graduação. Terei de realizar exames pelo período de cinco anos, porém, há cada três meses compareço no Hospital apenas para receber a confirmação de que os nódulos não mais existem e meu estado de melhora está progredindo. Quanto ao cabelo, está crescendo a cada dia. E aos meus irmãos que passam por alguma circunstância adversa eu deixo a Palavra: ‘Acaso, para o Senhor há coisa demasiadamente difícil?’ (Gênesis 18.13-14).

Por, Mensageiro da Paz.

One Response to Jovem assembleiana é curada de último estágio de câncer

  1. Maria paulino disse:

    Muito lindo esse testemunho, que Deus continue abençoando sua igreja.Eu creio no poder de Deus , eu particularmente já tive várias experiências com Deus.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Google Translate »