Ex-sequestrada: “Deus está no controle”

michelle-knight_300x300@2xAmanda Berry, Gina de Jesus e Michelle Knight, as mulheres que foram sequestradas em situações diferentes em 2002, 2003 e 2004 pelo maníaco Ariel Castro, 52 anos, e permaneceram no porão de uma casa por 10 anos pronunciaram-se em um vídeo na internet a fim de agradecer ao público pelo apoio e compartilhar um pouco de como tiveram forças para sobreviver a tanto sofrimento. No vídeo, elas agradecem pelas doações e as orações. Mas, o que surpreendeu foi a iniciativa de Michele Knight em agradecer a Deus pelo controle emocional durante os dias de privação e declara sua fé no controle de Deus sobre tudo.

Michele, 32 anos, foi a primeira a ser sequestrada por Ariel. Depois de sua libertação, diante das câmeras. a jovem leu a sua declaração: “Obrigado a todos por seu amor, apoio e doações. Isso tem me ajudado a reconstruir uma nova vida. Quero que todos saibam que eu estou muito bem. Talvez eu tenha ido ao inferno e conseguido voltar, mas sou forte o suficiente para atravessar o  inferno com um sorriso no meu rosto, a cabeça erguida e os pés firmemente no chão, andando de mãos dadas com o meu melhor amigo – Deus –, não deixarei que a situação defina quem eu sou. Não quero ser consumida pelo ódio… Precisamos dar um salto de fé e saber que Deus está no controle. Temos sido feridos por pessoas, mas precisamos confiar em Deus, que tem um plano para todos nós. O plano Dele é que eu ajude outras pessoas que passarem por isso… É melhor dar do que receber. Obrigado a todos por suas orações”.

As redes sociais comentaram as declarações de Michelle que, segundo a sua avó Deborah, saiu com sequelas físicas do cativeiro: a jovem foi alvo de espancamentos do maníaco, teve que submeter-se a uma cirurgia de reconstrução facial e perdeu a audição em um ouvido.

Por, Mensageiro da Paz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Google Translate »