Deus nos amou primeiro, dando-nos a prova do Amor inabalável

thumbs4332Eu convido o prezado leitor para meditar comigo na seguinte mensagem extraída da Carta de Paulo aos Romanos: “Mas Deus prova o seu amor para conosco, em que Cristo morreu por nós, sendo nós ainda pecadores” (Romanos 5.8). Aqui, o apóstolo estabelece uma das mais importantes doutrinas da Bíblia e, mais à frente, mostra os resultados da justificação pela fé. Alguns comentaristas afirmam que esta Carta é a mais detalhada exposição do Evangelho da Salvação. Nela, seu autor destaca o resultado do amor de Cristo.

Tenho ouvido grandes ensinadores falarem, e também tenho falado, do amor de Jesus, mas confesso que nestes anos exercendo meu ministério pastoral, ouvindo e divulgando o amor de Deus, eu ainda não consegui ouvir ou dizer tudo o que representa para a humanidade a grandiosidade do amor de Deus.

Quando estudamos a biografia e o ministério de Jesus, conseguimos identificar a personificação do amor, porque Seu ministério foi voltado inteiramente aos seres humanos.

O homem sempre foi carente do grande amor de Deus. Podemos observar que ao longo da narrativa exposta pelos evangelistas, alguns acontecimentos nos enchem de satisfação, por nos darem a chance de conhecer a maneira como Jesus ama a cada um de nós. E quando eu observo a Igreja, procuro compreender ela como uma amálgama de seres humanos formando um Corpo. A Igreja é um organismo de composição a mais complexa possível, porque o nosso Deus não faz acepção de pessoas. O apóstolo Paulo escreveu a Timóteo e disse que o plano da salvação é universal, ou seja, para todo o mundo. O Senhor deseja que “todos os homens se salvem, e venham ao conhecimento da verdade”.

Por meio de Jesus, nós somos alcançados pelo amor de Deus, somos acoplados ao Corpo de Cristo e passamos a sentir a vida que emana da Cabeça, que é Cristo, em Seu Corpo, que é a Igreja na face da Terra. O crente sente-se fortalecido, porque a sua força é proveniente de Jesus: “Mas Deus prova o seu amor para conosco, em que Cristo morreu na cruz sendo nós ainda pecadores”. Esta é a prova do grande amor de Deus, e porque fomos alvo dessa graça, nossos nomes figuram no Livro da Vida. Meu conselho para você é este: ame a Jesus. Entregue a sua vida a Ele!

Por, José Wellington Bezerra da Costa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Google Translate »