Arquivos da Categoria: Respostas

Os descendentes moabitas de Rute e Boaz

O filho de Rute e Boaz era aceito na comunidade de Israel, uma vez que Rute era uma cidadã moabita? A Bíblia diz que nenhum amonita ou moabita teria ingresso na congregação do Senhor (Deuteronômio 23.4).

Os descendentes moabitas de Rute e BoazA pergunta é pertinente e com a ajuda de Deus tentaremos responder. Em primeiro lugar, observamos que toda lei é baseada em uma causa ou princípio. O motivo que fez surgir a legislação de Deuteronômio 23.3-6 foi porque os moabitas foram cruéis em não deixarem Israel passar por suas terras na peregrinação a Canaã. Puro egoísmo, produto de velha intriga e inveja contra a família de Abraão, de quem o ancestral deles, Ló, era sobrinho ingrato (Gênesis 19.30-38).

Em segundo lugar, toda lei tem excludente de ilicitude e isso não só no direito secular, mas também no direito bíblico. Haja vista que furtar é pecado, o furto famélico era permitido pela própria lei, como também comer os pães da proposição e os sacerdotes ministrarem nos sábados, conforme Mateus 12.1-8, onde o próprio Senhor Jesus afirma que a misericórdia é mais importante do que a letra seca da lei.

Quem é a pessoa sem veste nupcial?

Na Parábola das Bodas em Mateus 22, quem é o personagem que não estava trajado com veste nupcial? Seria Satanás? Provavelmente não, pois a festa acontece no Céu. Quem é então?

Quem é a pessoa sem veste nupcialEsta parábola (Mateus 22) evidencia de um determinado grupo de pessoas que perdem a posição privilegiada e são substituídos por aqueles a quem supostamente desprezavam. Jesus quer apresentar quem é o verdadeiro povo de Deus, mas ele inverte o modo como os mestres da tradição entendiam o assunto. O único critério para selecionar os convidados era a sua disponibilidade: “convidai para as bodas a quantos encontrardes” (Mateus 22.9), apontando para a grande misericórdia de Deus.

As ruas de ouro puro no Céu

É correto afirmar que as ruas do Céu são de ouro? Qual a correta interpretação da visão que o apóstolo João teve?

As ruas de ouro puro no CéuA presente pergunta nos remete ao livro de Apocalipse 21.21, sendo este o único texto na Bíblia que menciona as ruas de ouro da nova Jerusalém. Em primeiro lugar devemos considerar que todo o livro de Apocalipse é uma revelação de Jesus Cristo ao apóstolo João, das coisas futuras que dizem respeito ao Reino de Deus, tendo a Igreja como peça central. É uma revelação do futuro glorioso da Igreja, que nenhuma mente humana poderia jamais conceber (Apocalipse 1.1).

O capitulo 21 de Apocalipse, além de nos revelar a criação de uma nova terra e um novo céu, também descreve a descida do céu da cidade chamada “nova Jerusalém”, e deixa-nos bem claro que esta cidade, a nova Jerusalém, a noiva de Cristo,construída sobre o fundamento dos Apóstolos, é a Igreja do Deus Vivo, o novo lugar da habitação de Deus (Apocalipse 21.2-3, 22, 23).

Relacionamento incestuoso

O que a Bíblia diz a respeito de relacionamento incestuoso? O casamento entre primos pode ser considerado impróprio?

Relacionamento incestuosoDe acordo com Levítico 18, e o princípio que norteia a sacralidade do matrimônio à luz da Escritura, é impróprio e inapropriado. O erudito alemão August Heinrich Klostermann (1837-1915) denominou os textos de Levítico 17 – 26 de “Lei da Santidade” devido à repetição da fórmula “Santos sereis, porque eu, o Senhor, vosso Deus, sou santo” (Levíticos 19.2; 20.7-8, 26; 21.6; 22.9). O conceito precípuo é de que a Santidade do Senhor deve configurar-se na vida do povo e, por meio do povo santo, a todo o mundo (Levítico 22.31-33).

A ideia da santidade extrai-se inicialmente da “saída”, do “êxodo”, cuja intencionalidade teológica são expressas pelos verbos “tirar”, “livrar” e “resgatar” (Êxodo 6.6). A raiz do adjetivo qādhôš (santo) significa “apartar”, “separar um objeto ou pessoa do uso profano para levá-lo à proximidade do Senhor”. Deste conceito advém o sentido de “consagrar”, “santificar”. O êxodo assim é a separação-libertação da servidão para a dedicação a Adonay.

O “orgulho” de Paulo ao dizer “sede meus imitadores”

Como entender 1 Coríntios 11.1, onde o apóstolo Paulo diz “Sede meus imitadores, assim como eu sou de Cristo”? Ele não estaria se gloriando?

O “orgulho” de Paulo ao dizer “sede meus imitadores”Há oito anos, todas as noites, eu sinto a mesma alegria em meu coração quando, à mesa, vejo meus filhos fecharemos olhos e orar. Pequeno ainda, mesmo antes das primeiras palavras, meu primogênito Estêvão cerrava os olhinhos em reverência a Deus, enquanto agradecíamos pelo alimento. Mais nova, a minha pequena Amy assimilou esse hábito com a doçura que só têm as meninas: ela usa as mãozinhas para cobrir os olhos. A imitação foi o poderoso recurso que minha esposa e eu empregamos para incutir esse comportamento em nossas crianças.

Qual a permissão dada na Bíblia para o divórcio?

Qual delito culmina na legitimidade do divórcio: adultério ou prostituição (Mateus 5.32; 19.9)?

Qual a permissão dada na Bíblia para o divórcioAntes que houvesse a aplicação da lei, a separação já vinha sendo praticada pelos judeus de maneira arbitrária. A colocação da lei não era para um tipo de legalização do ato em si, mas sim para proteção da mulher. A hermenêutica dos judeus, em se tratando do divórcio, logo se tornou liberal, machista e autoritarista, pois eles começaram a fazer uso de Deuteronômio 24.1, alegando quaisquer motivos pelos quais o homem poderia separar-se de sua mulher, o que fica expresso que a base para o pedido de divórcio não era somente o adultério, mas por qualquer coisa incidente.

Diferença na inscrição sobre a cruz

Por que cada Evangelho traz uma inscrição diferente da acusação escrita por Pilatos contra Jesus colocada na cruz?

Diferença na inscrição sobre a cruzA língua do povo de Israel nos dias do ministério terreno de Jesus era o aramaico, o grego era o idioma internacional, o hebraico era usado pela elite da Judeia e o latim a língua dos invasores. O presente estudo analisa o contexto dessas línguas.

O aramaico era a língua oficial de Babilônia (Daniel 2.4) e veio a ser a língua franca do Oriente Médio desde a ascensão do império de Nabucodonosor até o advento de Alexandre, o Grande. No hebraico foi escrito originalmente o Antigo Testamento, exceto Jeremias 10.11 e duas palavras em Gênesis 31.47, Esdras 4.8-6.18; 7.12-26; Daniel 2.4-7.28, escritos em aramaico. As gerações de judeus que regressaram do exílio babilônico falavam o aramaico como língua materna.

Com que espada Davi matou Golias?

1 Samuel 17.50 diz que Davi matou Golias sem que tivesse uma espada na mão. Mas no versículo 51 diz que ele correu “e pôs-se em pé sobre o filisteu, e tomou a sua espada, e tirou-a da bainha; e o matou”. Como entender isso?

Com que espada Davi matou GoliasPara a resposta desta questão, é importante recorrermos a alguns outros textos bíblicos. Então, vejamos. Quando Davi se propôs lutar contra o gigante, uma das primeiras coisas que o rei Saul fez foi providenciar para ele uma armadura completa. É o que lemos em 1 Samuel 17.38-40. “E Saul vestiu a Davi de suas vestes, e pôs-lhe sobre a cabeça um capacete de bronze; e o vestiu de uma couraça. E Davi cingiu a espada sobre as suas vestes, e começou a andar; porém nunca o havia experimentado; então disse Davi a Saul: Não posso andar com isto, pois nunca o experimentei. E Davi tirou aquilo de sobre si”.

Sendo assim, em primeiro momento, é possível afirmar que Davi não portava espada quando saiu para lutar contra Golias. As armas que tinha em mãos são as que vemos no registro de 1 Samuel 17.38-41. “E tomou o seu cajado na mão, e escolheu para si cinco seixos do ribeiro, e pô-los no alforje de pastor, que trazia, a saber, no surrão, e lançou mão da sua funda; e foi aproximando-se do filisteu”. Ele não tinha espada.

Israel e Judá tiveram reis crianças?

Como entender a tão pouca idade com que alguns reis de Israel e Judá subiam ao trono? Um exemplo é Joás, que reinou aos 7 anos (2 Reis 11.21).

Israel e Judá tiveram reis criançasAo terminar a época dos juízes, um período de muita turbulência que durou mais de 300 anos, Israel pede que lhes seja dado um rei como as demais nações tinham. Então, começa em Israel o período da monarquia com os três primeiros reis: Saul, Davi e Salomão, também conhecido como o período do reino unido. Com a morte de Salomão, o reino se divide em reino do norte com sua capital em Samaria, chamado de Israel; e reino do sul com sua capital em Jerusalém, chamado de Judá (1 Reis 12. 15-17). Três elementos eram de fundamental importância na governança monárquica de Israel: o rei, o sacerdote, e o profeta. O rei era responsável pelo governo e a defesa da nação contra os inimigos e invasores estrangeiros; o sacerdote era responsável por ensinar ao povo a Lei do Senhor e interceder pelo povo na presença de Deus; já o profeta, tinha a árdua missão de entregar na íntegra a mensagem de Deus a quem quer que fosse.

As consequências do pecado de Davi

Por que as consequências do pecado de Davi foram tão severas?

As consequências do pecado de DaviQuando o profeta Natã foi a Davi, por ordem de Deus, a fim de confrontá-lo quanto ao seu pecado, ele declara o pecado: adultério e assassinato. Quando o profeta diz: “A Urias, o heteu, feriste à espada, e a sua mulher tomaste por tua mulher; e a ele mataste com a espada dos filhos de Amom” (2 Samuel 12.9), isto fica bem claro: deitar com uma mulher casada, adultério; matar um homem de forma premeditada, assassinato. E a punição para ambos os pecados era a morte.

O adultério é um pecado contra o cônjuge e contra Deus, que afirmou claramente: “Não adulterarás” (Êxodo 20.14). Através do adultério o homem quebra a aliança conjugal que fez perante Deus (Malaquias 2.14). Por isto, o adultério é símbolo da idolatria; é o abandono daquele com quem se tem uma aliança, para prostituir-se com outro (Jeremias 3.6-10). O homem que tivesse relações sexuais com a esposa de outro deveria ser punido com a pena de morte: “morrerá o adúltero e a adúltera” (Levíticos 20.10; Deuteronômio 22.22). Se o adúltero fugir da justiça dos homens, não fugirá da justiça de Deus (Hebreus 13.4).

Google Translate »