Casamento precoce: imprudência ou não?

thumbs9692Recém-saídos da adolescência, muitos meninos e meninas encaram o desafio de viver a dois. Decidem se casar sem maturidade, sem a menor condição financeira e emocional para assumir esse compromisso

Embora dados do IBGE mostrem que a idade dos noivos esteja subindo, ainda assim é muito expressivo o número de jovens que decidem se casar muito cedo, especialmente os evangélicos. A maioria destes se casa muito cedo. Mas, afinal, o que justifica tanta pressa em subir ao altar, diante de tantas possibilidades da vida moderna?

Por que as pessoas se casam cedo?

Além do sexo com cônjuge liberado no caso dos cristãos, especialistas mostram que, dentre as razões contrariam a tendência atual de se postergar o casamento, está o ideal de amor romântico e a vontade do jovem ser independente. Mas, destacaremos a seguir ainda alguns outros motivos relevantes para o casamento precoce dentro e fora da igreja.

A busca da felicidade

Na nossa cultura, desde pequenas, as meninas estão acostumadas a ouvir histórias sobre príncipes, castelos luxuosos, cavalos brancos e felicidade eterna. Nos contos de fadas, o casamento aparece justamente como o resultado de uma conquista e a garantia de um final feliz.

Inebriadas pelo chamado “complexo de Cinderela” – termo usado pela psicologia para explicar o comportamento de mulheres que tem como grande sonho encontrar o homem “ideal”, se casar e assim ser “feliz para sempre”. Muitas meninas, movidas pelo sonho de encontrar o seu “príncipe” que lhe garanta uma felicidade eterna, embarcam na realidade do casamento como se fosse esse tipo de aventura.

O casamento passa a ser encarado como o ponto alto de todas as conquistas da vida e o meio pelo qual a pessoa conseguirá encontrar a tão sonhada felicidade. A menina se rende aos encantos do casamento idealizado e acreditando que a felicidade plena se consegue assim. Por isso desejam uma cerimônia com toda a pompa, justamente por considerar este momento o mais feliz de sua vida.

Geralmente o “encantamento” dura muito pouco, pois as responsabilidades do casamento e a falta de maturidade para lidar com as diferenças entre os recém-casados comumente transformam o sonho em frustrações.

Fugindo da pressão familiar

Alguns jovens buscam no casamento um meio de fugir dos problema familiares. Criam a expectativa falsa de independência, movidos apenas pelo encanto da paixão, sem nenhuma experiência para lidar com a parte prática do casamento.

O intuito é apenas a conquista da tão sonhada independência. Mas com o tempo, o companheirismo se transforma em cobranças e em uma “nova prisão”. Geralmente o casal começa a se distanciar e as brigas tornam-se rotineiras levando, muitas vezes, ao divórcio.

Cobrança social

A educação recebida em casa e a cobrança social são fatores que também influenciam na decisão de se casar cedo. Existe uma cobrança muito forte em casa e na igreja, principalmente em relação à menina quanto ao seu papel de esposa e mãe. As cobranças recebidas, aliadas ao medo de ficar só, o “ficar para titia”, faz com que algumas meninas se precipitem e entrem em relacionamentos inadequados. Ou mesmo corram desesperadas em busca de um(a) companheiro(a).

Pessoas que entram numa relação sem se perguntar o que quer com o casamento, como se imagina no futuro e como planeja seus passos na vida para conseguir tudo isso, tendem a acordarem anos depois e perceberem que não fizeram a coisa certa.

O medo de pecar

Há ainda aqueles quer se casam porque veem no casamento uma forma de fugir da tentação de fornicar. Neste caso o casamento passa a ter o único objetivo de dar ao jovem a liberdade de se relacionar sexualmente sem pecar.

Além dos conflitos que o jovem enfrenta para manter uma vida de castidade, existe ainda as cobranças em casa e principalmente na igreja, resultando muitas vezes em casamentos apressados, com um tempo muito curto de namoro, não dando aos noivos a oportunidade de se conhecerem bem.

Embora o casamento possa ser um meio de extravasar legitimamente os impulsos sexuais, isto não significa que se deva apressar o casamento apenas por esta razão. O sublime do homem cristão é ter o domínio próprio e saber controlar os seus impulsos (Gálatas 5.22).

Jovens que se casam apenas por essa razão ignoram completamente o verdadeiro sentido do casamento e o compromisso que estão assumindo.

Problemas do casamento precoce

Quando o casamento é antecipado, a vida adulta chega bem antes da hora e o jovem passa a assumir responsabilidades que só deveriam vir mais tarde. Ocorre que uma queima de etapa, levando os jovens a pularem vivências, experiências e descobertas importantes para a formação da maturidade. Algumas pessoas começam a desabrochar para a vida alguns anos depois de casadas, sentindo necessidade de sair do relacionamento para conhecer os seus próprios desejos.

Alguns estudos apontam que pessoas que se casam muito cedo estão propensas até a problemas de saúde mental como variação de humor, transtornos de ansiedade, do pânico, transtorno bipolar e depressão. Havendo maior incidência para as mulheres.

Outro problema causado pelo casamento precoce é a falta de maturidade do jovem casal. A imaturidade emocional gera sentimentos com insegurança, ciúmes, complexos, timidez excessiva, medo do fracasso, autocrítica em excesso, resultando em brigas, discussões, agressões e profundos traumas.

O papel da igreja na família e na sociedade

A igreja deve orientar pais e filhos quanto à responsabilidade e planejamento para o matrimônio por meio de cursos para noivos, seminários, palestras e aconselhamento, porque alguns já pensam em cair fora, como se fosse igual a terminar um namoro, mas esquecem que existem vidas em jogo, principalmente se houver filhos nessa relação.

Havendo uma interação entre a igreja, a família e os noivos, no planejamento e preparação para o casamento, com certeza, se evitará muitos futuros divórcios entre os jovens cristãos.

Por, Jamiel de Oliveira Lopes

60 Responses to Casamento precoce: imprudência ou não?

  1. Ariane disse:

    Olá , tenho 19 anos e meu marido 20 , estamos casados à 1 ano e 10 meses e temos 1 filho de 1 e 5 meses , e estamos passando muitas dificuldades por conta do casamento precoce , vivemos discutindo, ele é muito imaturo certas vezes e eu também , isso quando não vem todos os problemas de uma vez, falta de dinheiro , dívidas, etc… Enfim não estamos conseguindo lidar com isso e parece que vamos explodir as vezes , não queremos nos separar mas ta dificil. Se puder nos ajudar? Deus abençoe!!

    • Francisco Wlademir Galvan disse:

      Olá Ariane

      Para Deus o casamento é indissolúvel, a não ser por infidelidade conjugal. Diante disso, sugiro que você busque a Deus para receber orientação de como lidar com as situações que vocês vem enfrentando. Com certeza para tudo a uma solução. A pior coisa é discutir, alterar a vós, um por a culpa no outro. Busque a Deus em oração, ponha diante Dele todos os teus problemas, peça solução e orientação e com certeza as coisas vão melhorar. Cometemos muitos erros ao longo da vida, mas encontramos abrigo e conforto no Senhor. Busque a Ele, seja sincera, abra seu coração e você será bem sucedida em tudo que fizer. O melhor é que haja diálogo e em tudo procurem uma saída, uma solução. Sejam um só coração também diante do Senhor.

  2. Thaty disse:

    Me casei muito cedo com 21 anos e namorava o mesmo desde os 14 anos. Sou filha de pastor, hoje tenho 31 anos e apesar de todo o sentimento e história construída com meu marido, temos 2 filhos e estamos casados há 10 anos…Me identifico muito com os motivos principais pelos quais eu casei dentro da igreja precocimente…não creio que seja culpa de ninguém porque casei por livre vontade…mas sofro com indagações de que eu poderia ter sofrido menos se eu tivesse tido mais experiências de vida nesse processo de decisão…me sinto no desabrochar da idade agora, parece que quero viver o que abafei queimando algumas etapas…..isso me trouxe sérias consequencias…quero me resolver me sentir completa…mas parece que sempre aguardo alguma coisa para sentir -me assim e estou muito mal…….não quero desistir do meu casamento e marido…mas somos muito diferentes e me sinto vazia e infiel por meus pensamentos divergentes do que uma mulher de DEUS deveria pensar….

    • Francisco Wlademir Galvan disse:

      Querida Thaty, que Deus te abençoe e te guarde em Seu coração. A Bíblia afirma taxativamente que os únicos motivos permitidos para um novo casamento são a viúves ou o adultério. Caso contrário, se você se separar e casar novamente, sem um destes motivos, está cometendo adultério. A não ser que você queira terminar o resto de sua vida sozinha e no final de sua vida vida estar com Jesus, aconselho que permaneça com seu marido e filhos. Busque com fé e oração uma solução aos pés de Jesus e certamente Ele será a solução pra todos os seus problemas e frustrações. Ele é o melhor conselheiro que o homem pode encontrar. O erro que você já cometeu não pode ser contornado com outro erro. Sugiro que você converse com um psicólogo cristão. Busque informações. Tem muitos profissionais dessa áreas abençoados e que podem te orientar e ajudar a resolver os seus problemas. Que Deus abençoe grandemente a você e seu lar.

      • Amanda Veiga disse:

        A pergunta que ouço há nove anos: você já é casada? Sim sou, desde os 16 anos! Susto, pena, desprezo, dó…são alguns dos sentimentos que percebo nas pessoas quando ouvem. Eu concordo com elas, hoje eu concordo. É fato, casei antes da hora. O amor sempre existiu, mas outros problemas sempre nos afetaram: falta de grana, família dele, rotina do dia dia….Com o tempo o brilho só foi apagando…as dificuldades não parara,, acho que nunca vão. Mas o cansaço bateu, a falta de animo, de vontade de seguir em frente. Não tenho vontade de ter filhos, não suporto a família dele, não tenho vontade de melhorar as coisas (preguiça total).
        Sou nervosa, estressada, cabelos brancos… Uma pessoa deformada pelo tempo e pelo peso que carrega. Não me realizo profissionalmente, não sei o que eu quero pra minha vida.
        Tenho pena de mim mesma! (coisa horrível de sentir), pena porque nunca vou viver de novo o que perdi nesse tempo, nunca vou saber o que é uma adolescência normal. Nunca vou concertar meu jeito.
        Hoje com pouco mais de 20, me sinto com 40 anos. O pior de tudo é pensar que amanhã realmente terei 40, 50, 60…e ai? Vou estar no fim e me perguntando o que fiz com tudo? O que vivi?

        • Line disse:

          Eu me emocionei lendo isso, pois a minha situação é muito parecida.
          Meu meu caso, até gosto do meu marido ainda, mas sinto que isso não é o suficiente… somos tão diferentes, eu me sinto completamente infeliz e sufocada. Fico me imaginando daqui a alguns anos, uma mulher velha e amargurada… A depressão me fez pensar até em desistir…

          Eu sinto muita pena dessas garotas que se iludem, que fazem esta besteira.
          No meu caso, sofri grande pressão para me casar por parte da minha família e do meu marido também… isso me deixou com rancor e mágoa. Minha mãe não via a hora de eu sair de casa, e não me deu tempo para procurar trabalho e fazer minhas próprias escolhas, mas dizia que eu tinha que casar logo, pois não teria outra chance de encontrar um rapaz tão bom e capaz de me sustentar… então, acabei me casando aos 18, o resultado é o que descrevi.

  3. Raia disse:

    Oi,
    Me chamo raia e tenho 19 anos e meu namorado 20, estamos namorando a 5 meses, e agora ele está querendo noivar comigo, somos evangélicos ele dá igreja adventista do sétimo dia e eu dá assembleia de Deus, há poucos dias elê vem falando em casar quer noivar
    comigo é claro que quero casar amo ele mais acho que sou nova tenho um pouco de medo, não consigo nem explicar, sei lá sempre pensei em casar afinal, qual moça não pensa em se casar? Mais eu temo por isso, tenho medo de casarsei lá com o passar do tempo não tenhamos mais o amor que temos um para o outro e que um dia tenhamos n os separar é claro que eu não quero isso afinal, toda mulher quer um amor pra vida toda sei que em um casamento há muitas dificuldades. mais. sinceramente não sei o que fazer. me. ajudem com conselhos bjs agradeço muito 🙂

    • Francisco Wlademir Galvan disse:

      Olá Raia. Paz do Senhor. Esse assunto é muito polêmico como você pode ver nos comentários. Que posso dizer a você é que se o seu namorado te ama de verdade ele vai esperar até que você esteja certa de que está preparada para o casamento. Você passa insegurança no seu pedido de ajuda, por isso te aconselho a ser sincera com ele e dizer que você não se sente preparada, segura para entrar agora no casamento. Acredito que você levou um susto com o pedido dele. Se ele não aceitar é porque ele também não está preparado para isso porque quem ama espera. A separação não deve nem passar pela cabeça do crente. Nós como evangélicos, principalmente na linha de pensamento da Assembleia de Deus como você diz ser, o casamento é para sempre. Tenha calma, respire fundo, e vá em frente com seu namoro. Você é jovem, deve ter amigos na igreja, na faculdade, etc. Namorar não quer dizer que não pode ter amigos. Medite mais no texto e siga os conselhos que ali são apresentados. Deus te abençoe.

  4. Edilene Teixeira disse:

    Porque que é pecado sexo antes do casamento? Se ñ tem nada de mal fazer com que amamos?

    • Francisco Wlademir Galvan disse:

      A resposta básica e simples, é o que o próprio Criador falou, ao criar o homem e a mulher, conforme está registrado em Gênesis 3.24: “O homem se unirá a sua mulher (esposa) (porque Eva foi dada a Adão por esposa e não por namorada) e serão os dois uma só carne”. Não é se unir ao namorado, nem ao noivo, mas a mulher (esposa) que vai lhe ser por companheira. Namoros acabam, noivados acabam, e casamentos também acabam, mas Deus instituiu o casamento para ser eterno e aquele que se une a uma mulher debaixo da graça e do conhecimento do Senhor assume o compromisso de viver unido a ela para sempre (ou até a morte de um dos dois). Deus te abençoe.

  5. Porque nós os rapazes precipitamo-nos sempre de fazer o casamento précoce?

    • Francisco Wlademir Galvan disse:

      Olá Bento. Acredito que pelo fato de o homem ter necessidades que só encontra em uma esposa. Mas vejo que em muitas mulheres também existe isso.

  6. Kathy Souza disse:

    Tenho 19 anos e ele 31, estamos em uma união estável, com o intuito de oficializar… (com 1ano e 6 meses de relacionamento) … Porém já passamos por mts provações e dificuldades e nosso relacionamento parece desgastado e sem condições para um “casamento no civil” porque a qualquer momento podemos brigar e nos separar. Além de eu ser cristã e ele não… O que fazer? Algum conselho??

    • Francisco Wlademir Galvan disse:

      Boa tarde. O que verifico é que você está em fornicação por estar em um relacionamento fora de um casamento padrão. Meu aconselhamento é que você oficialize o casamento e busque em oração a conversão de seu companheiro e assim possam servir ao Senhor juntos. Tudo é possível ao que crê. Quando ao medo de não dar certo, sempre haverá em qualquer relacionamento que você se envolver porque isso é coisa que o inimigo coloca em nossa cabeça. Você já começou tudo errado, agora procure concertar buscando ao Senhor em oração, já que você diz ser cristã. Que Deus vos abençoe.

  7. Kathy Souza disse:

    Obrigado Francisco

  8. Rayssa Vitória disse:

    Boa noite me chamo Rayssa tenho 28 anos , me casei duas vezes , desde a adolescência me tornei evangélica , trilhando o seguinte caminho , era ministra de louvor , líder de jovens , e ministra da palavra , ou seja muitas responsabilidades, sempre pedi a Deus uma casamento abençoado , e um companheiro que servisse a Deus Antes de tudo , me casei com 24 anos , por incrível que pareça ainda acho muito precoce , um dos motivos do casamento da o peso dos cargos , e a pressão da igreja que insiste em ter santos disfarçados , porque escolhas precipitadas acabam gerando grandes dores , ele era um homem de “Deus ” músico como eu , era uma benção , aparentemente o homem de Deus pra mim, com namoramos mais ou menos uns 4 meses e logo nos casamos , meu casamento foi um verdadeiro caus , ele logo se afastou da igreja e buscou o caminho de intorpecentes , paguei o preço mesmo assim , mas em pouco tempo nosso casamento tornou-se insustentável, nos separamos , depois de alguns anos , conheci outro homem de “Deus ” onde resumidamente, sendo direcionados por nossos líderes assumimos outro compromisso , onde nós casamos em 4 meses de namoro e acabando nos separando no 6 mês , ele meu homem de Deus era uma capa , que foi pra cama com diversas mulheres , tirando outra coisas , minha visão hoje é a seguinte , prefiro ter um namoro mais longo , mesmo que isso resulte em banco , mas que eu saiba ao menos um pouco quem estará ao meu lado ao resto da vida , se a igreja soubesse o mal que faz a tantas mulheres , pressionando casamentos , não o faria , pois no dia que você estiver na prova , com aquele casamento que seria de Deus , pq Deus tem pressa , ou pra não dá dar brecha , nenhum desses estarão ao seu lado , e o máximo que irá ouvir é , pague o preço ! Mas os danos psicológicos causados na vida da mulher , senão for Deus , não sararão , e se você cair em uma depressão provavelmente um analfabeto da Bíblia ainda vai dizer que é opressão demoníaca , ou até mesmo que você não está na brecha!

    • Francisco Wlademir Galvan disse:

      Olá Rayssa. Passamos a vida toda ao lado de uma pessoa e sempre descobrimos algo que não conhecíamos nela, imagina e apenas quatro meses, isso é muito pouco para se conhecer um pouco mais de uma pessoa. E a aparência engana muito. Acredito que o namoro não deve ser muito longo, mas também não deve ser muito curto. No mínimo um ano de namoro para que se tenha conhecimento da pessoa, de sua procedência, sua família etc. Você está certa. Lamento que tenha errado duas vezes. Desejo a você muitas felicidades embaixo da graça de Deus.

  9. Joilson disse:

    Acredito, que aliança entre uma mulher e homem são constituindo por Deus, mas tem muitos se casado de qualquer forma. Nos devemos sim, se casa, mas pedi auxilio primeiro ao todo Poderoso.

  10. mara disse:

    Olá meu nome é mara tenho 15 anos mais tem muita maturidade e falta 2 anos para concluir os meus estudos (namorado a 1 ano) e penso em mim casar aos 18 Ou 19 isso é ruim?
    Amo meu namorado desde do dia em que conheci o senhor já falou comigo muitas vezes que Des do início ele estava no meio e ai de que se levantar conta e que ele único para quando um cair o outro possa ajudar estou Feliz e ao mesmo tempo com medo pelo fato do que vão dizer quando eu decidir realmente casar.
    E é possível noiva com 1 ano e 5 mês?

    • Francisco Wlademir Galvan disse:

      Amada Mara, acredito que o artigo já lhe trás muitas respostas de que necessitas. Você deve ser sabedora de que não pode se casar enquanto for de menor idade sem o consentimento dos pais. Se vocês se amam e se tem buscado no Senhor a bênção do relacionamento, acredito que devem também buscar nEle o tempo apropriado para o casamento. Não tenha pressa, fobia. Casar com tal ou tal idade não é uma regra, mas deve haver consciência do que está fazendo por que depois de casado não têm volta. Os únicos motivos que o Novo Testamento dá para um novo casamento é o adultério ou viuvez. Que Deus continue te abençoando e seja muito feliz em sua vida conjugal diante do Senhor.

  11. Juli disse:

    Boa noite!
    Sou casada a 9 anos,tenmos uma filha de 4 anos. Casei muito cedo quando eu tinha ainda 16 anos e agora eu particularmente sinto vontades e interesses de curtir a vida, de simplesmente viver o q não vivi na adolescência.
    Não sei nem o que é curtir a adolescência.
    Então quero saber de vcs se isso é normal ou eu estou sendo egoísta e pensando apenas com o lado carnal
    Obrigada!

    • Francisco Wlademir Galvan disse:

      Boa tarde. Depende em que sentido você diz “curtir a vida”. Se for sair com seu marido para ir a um cinema, praia, restaurante etc., não há nada de errado.

  12. Maria Eduarda disse:

    Olá, meu nome é Maria tenho 17 anos e ele tem 21. Estou para terminar os estudos e penso em me casar ano que vem, porem estamos construindo nossa fé na igreja Adventista do sétimo dia, ainda não somos batizados… Namoro a 1 ano e 6 meses e sinto que é com ele meu futuro, não tenho medo… Mais gostaria de saber se é certo me casar com 18 anos ?

    • Francisco Wlademir Galvan disse:

      Boa noite Maria Eduarda. Acredito que você leu o artigo e os aconselhamentos anteriores juntamente com os questionamentos e até desabafos das pessoas. Que posso te dizer é o seguinte: Não existe uma idade x para casar, casa-se quando se ama alguém e se é amado e se tem uma convicção da aprovação de Deus. Numa questão anterior a sua, alguém colocou que casou muito cedo e “não curtiu a vida”. Se você está certa que ama essa pessoa e é amada e que vai ser feliz casando agora, não há nada de errado nisso. A diferença é que você não vai poder viver mais como solteira, porque no casamento, a esposa é para o marido e o marido para a esposa, e ponto final. Nessa idade você ainda deve estar estudando, se você acredita que pode conciliar estudos com o planejamento do futuro juntamente com outra pessoa, então vá em frente case. Mas esteja segura do que vai fazer. Conheço uma mulher que hoje está com quarenta anos, que casou com 17, na igreja, e quando tinha 15 anos de casada, achou que tinha casado muito cedo, traiu o marido e destruiu o casamento porque queria “aproveitar a vida”. Perdeu a família e perdeu a salvação porque vive uma vida totalmente errada. Espero ter ajudado e desejo para você toda a felicidade do mundo debaixo da graça de Deus.

  13. Paloma disse:

    olá, meu nome é Paloma, tenho 17 anos e estou noiva à um mês, meu noivo tem 22 anos e pensamos em nos casar daqui um ano e meio.na minha opinião , falam sobre o casamento precoce como se fosse um crime!quando na verdade não é nada de mais.claro que para casar temos que ter maturidade e saber o futuro que nos espera, mas idade não mostra caráter e nem maturidade.
    hoje na sociedade essa questão de casamento não está sendo muito debatida, por esse motivo quando alguém muito jovem chega e fala “vou casar” as pessoas ficam apavoradas, dizem que temos que curtir a vida, mas quem disse que não da para curtir uma vida à dois? tem muita diferença sim uma vida sozinha e uma vida à dois , mas se a minha escolha foi essa, se eu tenho certeza disso e Deus está abençoando eu acho que eu tenho que ir de cabeça, e não me importar sobre a opinião alheia das pessoas, eu usei esse tema para desabafar um pouco o preconceito que sofremos por uma escolha que é nossa e que as pessoas deveriam respeitar. muito bom o trabalho de vocês
    um abraço!

  14. Fernanda disse:

    Ola.. Meu nome é Fernanda, tenho 20 anos, meu noivo tem 20 tambem e meu casamento será em Setembro, sou noiva desde Dezembro/14, gostaria de saber os motivos certos par se casar, já que foi citado os errados, e me identifiquei com um ou dois deles.. Tenho certeza da minha decisao, mas tenho medo de nao ter ouvido bem se é isso que o Senhor busca de mim.. Obrigada..

    • Francisco Wlademir Galvan disse:

      Ola Fernanda. Se você é cristã, o ideal é que seu marido também seja cristão e melhor ainda se for da mesma denominação. No mais se você tem orado buscando no Senhor uma confirmação de que está fazendo o certo, e tem sentido paz na sua decisão, acredito que isso seja o mais importante: sentir paz. Se você já leu o artigo e os demais cometários e aconselhamentos, já vai encontrar uma boa base do que é certo e do que é errado, do que é ideal e do que não é. Caso tenha uma pergunta específica, um assunto específico, volte a fazer contato. Que Deus abençoe grandemente o seu relacionamento.

  15. Valentina disse:

    Olá! meu nome é Valentina, tenho 20 anos e tenho quase 1 mês de casada. Somos cristãos! Meu casamento está um caos.. Ele é completamente imaturo e mesmo com tão pouco tempo de casada só fazemos sexo uma vez por semana. Me pergunto se fiz a coisa certa em casar com ele, pois não estou feliz. Deus mostrou diversas vezes, de varias formas que eramos um para o outro, mas porque estou vivendo assim?
    Porque o Senhor me prometeu que eu seria feliz ao lado dele se não sou???

    • Francisco Wlademir Galvan disse:

      Olá Valentina. Você diz que vocês são cristãos então sugiro que você busque ao Senhor em oração em jejum e fazendo um propósito para que seu marido seja transformado. Tudo é possível ao que crê, diz a Palavra de Deus. Então creia e se coloque diante de Deus em oração que você vai conseguir.

  16. Danyelle disse:

    Olá,Graça e Paz! Tenho 16 anos e meu namorado 20. Estamos namorando a 4 meses , mas a 1 ano e 6 meses nós nos conhecemos e desde que eu o conheci, sempre conversamos e sempre houve sentimento de ambas as partes. Nesse período que estávamos nos conhecendo ele “me traiu” com outra garota (com apenas um beijo). Na época eu não quis mais continuar conhecendo ele. Dias depois ele voltou a me procurar, resumindo a história, eu voltei a me relacionar com ele de forma seria agora, ele veio até minha casa e me pediu em namoro a meus pais, no entanto meus pais não permitiram,mas dois meses depois eles deixaram.Meu namorado mudou depois q “nos separamos”, ele é muito apaixonado e faz muito por mim. Vale ressaltar que meus pais são pastores(e não sabem do acontecido), tenho um irmão que é desviado e acabou casando com 17 anos e não é feliz no casamento. Meu namorado é evangélico também, muito querido por todos (exceto por meus pais que sao muito ciumentos e tem medo que eu cometa o mesmo erro do meu irmão), ele mora em outra cidade e vem me visitar conforme a liberação dos meus pais. Eu o amo muito, apesar do que aconteceu, ele se mostrou arrependido e de fato se transformou. Eu termino meus estudos esse ano e estou prestes a entrar numa Universidade, e é ele inicia agora no segundo semestre desse ano. Devido ao fato de já nos conhecermos a muito tempo, morarmos longe e de não podermos passar muito tempo um com outro,ontem ele me pediu em casamento, disse que queria casar ao final desse ano. Eu sempre quis casar, é um sonho pra qualquer garota, mas também sei que pode ser um pesadelo se casar com a pessoa errada e no tempo errado. Eu disse q seria melhor esperar até eu ficar maior de idade, ano que vem, e já estiver na universidade. Ele concordou (sempre muito compreensivo), já estou buscando em Deus sabedoria para lidar com isso, é se é da Sua vontade. Tenho a certeza de que se eu chegasse a casar agora, mexeria em toda minha estrutura de vida. Quero esperar mais um tempo, porem é uma coisa que eu também quero. Sei quão grande é a responsabilidade de um casamento precoce, pois tenho um exemplo dentro de casa, como também sei que pode ser uma bênção, pois também nos diverteríamos juntos, e faríamos tudo junto com companheirismo. Sinto que seria um casamento precoce, mas feliz.Gostaria de saber sua opinião sobre essa situação. Que Deus te abençoe!

    • Francisco Wlademir Galvan disse:

      Olá Danyelle, Paz do Senhor! Bom, como você deve ter lido nas outras respostas e comentários feitos neste mesmo artigo por outras pessoas, bem como nos questionamentos feitos, acho que não resta muito a acrescentar. Vejo pelo seu comentário, que é uma pessoa consciente das consequências. Sugiro que você combine com seu namorado, ou faça só você mesma, pedindo a ele um prazo para dar uma resposta, e faça um período de oração, que poderia ser uma semana, quinze dias, um mês, etc. Deus sempre responde de três formas: sim, não ou espere. Sugiro que ore até Deus responder. Fique atenta, Ele pode usar uma pessoa pra te dar a resposta, um sonho, uma visão ou falar diretamente com você. Sempre devemos buscar no Senhor uma resposta quando temos uma dúvida sobre algo. Faça dEle um participante de todas as suas necessidades, sejam elas físicas, psicológicas ou espirituais. Espero em breve saber o que você decidiu. Desejo a você toda a felicidade do mundo. Fica na paz.

  17. Anna Luíza disse:

    Olá, tenho 21 anos e meu noivo 26. Temos 1 ano de namoro. Desde o começo do namoro sempre falamos em casamento, mas eu sempre falei que queria me casar depois de formada e com um emprego. No começo ele concordou. Mas depois de um tempo começou a falar que se ele ja estivesse com dinheiro, nós iríamos casar mesmo que eu nao tenha terminado meus estudos e nao esteja empregada. Nunca concordei com isso, pois sinto que depois que estiver casada vai ser muito mais difícil conciliar meus estudos com a responsabilidade do casamento. Quero ser uma esposa plena no casamento. Estamos brigando muito por causa disso pois uma profeta amiga da mãe dele disse que Deus quer que nós casamos esse ano ainda. Não me sinto preparada, meus pais não concordam, ja orei muito pra Deus me mostrar essa vontade dEle, mas ainda assim nao me vejo feliz casando sem antes me realizar profissionalmente ( parcialmente pelo menos). ( Me formo ano que vem). O que devo fazer? Em uma dessas brigas ele disse que estou atrasando a vida dele, e que sou incrédula pois nao acredito na profecia e nao quero seguir a vontade de Deus. Por favor me ajude.

    • Francisco Wlademir Galvan disse:

      Olá Anna Luíza. Acredito que assim como o Senhor não diz que fulano deve casar com fulana, Ele também vai não pressionar para você casar, pois isto é uma decisão pessoal. Ele disse que “não é bom que o o homem esteja só”, não disse que o homem é obrigado a casar, mas creio também pela Palavra que o homem não foi feito para estar só, por isso Deus criou uma companheira. Vejo que você é uma pessoa determinada e bem encaminhada naquilo que planejou para sua vida. Se seu namorado realmente te amasse ele te respeitaria e aceitaria a sua decisão. Se vocês brigam enquanto são namorados, será que não vão brigar quando casados? Será que vai haver concordância depois, se já não está havendo agora? Porque você está atrasando a vida dele? Será que é porque você está segurando o namoro? Será que é porque ele pode procurar outra? Tem pessoas que casam com até trinta anos, no Brasil é que existe essa cultura de casar bem novo. Se você tem orado e Deus não tem respondido ou concordando com a profecia, certamente é porque a resposta ainda não chegou. Não estou dizendo que você deve terminar o namoro, mas estou dizendo que se seu namorado realmente te ama, e não quer apenas o seu corpo, ele pode esperar. Desejo muitas felicidades em sua vida. Deus te abençoe.

  18. sara. disse:

    olá, tenho 17 anos namoro a 1 ano e 4 meses, marcamos o casamento para o dia 19 de novembro desse ano ainda, ele tem 21 anos é responsável, bom filho, família abençoada ele trabalha eu trabalho, digamos q ele seja o marido perfeito. o problema eh q n temos condições de morar de aluguel e n temos condições de construir em 4 meses, ate comprei os tijolos mas n temos como concluir antes de novembro, a mae dele me convidou p ir morar com eles, mas estou com muito medo de morar com a familia dele e creio q nao é isso q Deus quer para minha vida. o pior é q ja pequei cm ele e nao quero isso, pois amo estar na casa do senhor e fazer a vontade Dele .o que fazer?

    • Francisco Wlademir Galvan disse:

      Olá Sara. Quanto a ter uma data marcada para casar, isso pode ser remarcado para quando vocês tiverem condições plenas se manterem com suas próprias pernas. Aconselho a não ir morar com a família dele, nem ele com a sua, porque ainda que no começo seja agradável, com o tempo vai se tornar um fardo e também pode haver intromissão dos pais ao ver as suas falhas ou dele, porque todos nós temos, e querer dar palpites ou se entrometer nas decisões do casal. Quanto ao pecado, acredito pelo que falou que já se arrependeu, se não se arrependeu esta é sua oportunidade. É aconselhável não ter muita intimidade entre o casal enquanto solteiros, porque nossa carne é fraca e isso pode facilmente levar ao pecado. Quando Caim intentou matar Abel, Deus o avisou que o pecado estava a porta mas cabia a ele (Caim), dominá-lo (Gênesis 4). Todos nós temos tendencia a pecar em várias áreas, mas naquilo que estamos conscientes que é pecado, devemos nos afastar. Que Deus te abençoe grandemente. Felicidades.

  19. Sheilah M. disse:

    Então tenho 20 anos,meu namorado tem 16, estamos juntos a 2 anos e meio,e ele pretende se casar com 18/19.
    Já recebi várias respostas de Deus quanto a isso,Deus falou que elé tá no negócio,que ele tem planos com a gente que precisamostra estar juntos para Ele fazer a obra.
    A minha pergunta é :pretendo se for da vontade de Deus fazer faculdade o ano que vem(5 anos de curso) e também penso que nos vamos nos casar,n sei quando ainda ,vai depender da idade dele e maturidade, mas se eu esperar me formar p casar vou ter que namorar com ele mais 5 anos.O que vc me aconselha quanto a isso?JA pensei em terminar por conta disso,mas como é de Deus temos que ficar juntos.

    • Francisco Wlademir Galvan disse:

      Olá Sheilah. Você não diz se a respostas vieram através de algum vaso ou se você recebeu diretamente do Senhor. Se foi através de um profeta busque confirmação do Senhor. Quando ao namoro, o conselho que geralmente se dá é que não deveria durar mais que dois anos. Mas se você tiver maturidade suficiente para não cair em pecado, não há problema algum. Você poderia pedir para dar um tempo no namoro, se realmente gosta dele e ele de você, ficariam os dois sem namorar com ninguém durante este período e depois reatariam o namoro para casamento. Vejo que você é temente a Deus e isto conta muito. Que Deus te abençoe grandemente e te de vitória e discernimento em todas as áreas.

  20. Lorrayne disse:

    Oi me chamo lorrayne quando tinha 14 anos estava frequentando a igreja assembleia de deus estava no mundo e a dois meses frequentando a igreja estava (sofrendo) por alguem.. ai viajei com meus pais e na viajem conheci uma pessoa passamos a cvs e passouns uns dias comecamos a namorar pela internet passou mais alguns dias minha mae deixou viajar pra casa da minha tia que era cunhada dele.. pq ele tinha me pedido pra namorar passamos natal e ano novo junto com o prazo de 1 mes e 10 dias ele pediu para morarmos juntos eu era muito rebelde se queria queria e fazia chantagens se nao deixasse e com um mes e dez dias implorei chorei pro meus pais e eles deixaram eu morar junto conversou com os pais dele passou rrsponsabilidade pra eles… so que pelo telefone minha sogra disse q ja tinha casa tinha tudo certinho.. era um amor .. pronto sem estrutura nenhuma eu com 14 ele com 20 fomos morar junto primeiro na casa da mae dele.. passou 1 mes alugamos ganhamos ajuda daqui e dali fomos morar na nossa casinha e com a graca de deus ele conseguiu um emprego com salario minimo pagando aluguel despesas prestacoes nao sobrava nada o pai dele saiu de casa resolvermos morar a casa da mae dele passou tres meses comecou o inferno.. e brigas e brigas a mae dele falando mal de mim e da minha familia.. aguentava tudo calada.. chorava nao falava nada.. um dia estourei e falei pra ele mais ele e amae continuava ali.. ate q engravidei e ele foi mandado embora do servico recebeu acerto me deu um dinheiro ora comroar as coisas do nosso filho.. comecamos a brigar por conersinhas dele com mulheres de fora pelo face.. mais foram so conversas.. pronto parou acabou as corversas acabei perdendo o filho q tanto queriamos ele estava muito feliz eu tbm.. passou depos brigas e brigas com a familia e ele empregou di novo ficou tres meses foi mandado embora recebeu acerto e tinha uma causa na justica recebeu tbm muti dinheiro mais de 20 mil oq dava pra nos contruir um pedacinho.. ele torrou tudoo atoua comprou mota tudo atoua.. nao fez nada pra nos dois com o dinheiro.. depois disso ele nao arrumou emprego foi fazendo bikos.. e nos na casa da mae dele eu com 15 anos arrumei um emprego fui trabalha das 7 da manha as nove da noite.. aluguei uma casa por conta minha despesas e tudo pq queria sair daquele inferno q estava vivendo na casa dos outros elw amontou um servixo pra ele em casa pronto despesas tudo por minha conta agua luz alugurl comida e pronto fui mandado embora do servixo voltamls pra casa da mae dele.. dai comecei ajudar na dispesa tanto ele como eu ja ajidava antes paszei ajudar mais.. mais sempre tinha brigas.. a mae dele e insuportavel .. comecei com meu proprio negocio esta no comeco ele nao quer saber de trabalhar ja vai fazer dois anos ajuda na despesa na parte dele como se eu tivesse q pagar a minha e ele a dele ele nao tem dispesa nenhuma cmg nao to com ele por i teresse mais o pao de cada dia se ele nao me da uma se quer peca de roupa se quer 1 real pq tbm nao gosto de depender de homem o meu sustento e o dele e por conta dele ele nao tem dispesa nenhuma e nem a minha parte de comida ele paga.. gracas a deus desde quando sai de casa sempre trabalhei fazendo um bico aqui e ali nao dependi dele pra nada o pai dele fala q sou muito cabeca e responsavel e ja acabou de falar cmg varias e varias vezes q eu nao tenho futuro nenhum com ele.. so aue eu o amo e ele me ama nunca ouvi traicao..mais eu estou completamente cansada ele e completamente moleke nao trabalha nao me ajuda com nada eu estou chateada quero chorar quero ir wmbora mais nao consigo.. eu nao sei onde encontrar resposta certas penso em ir embora mais fico com medo de arrepender me ajuda por favor

    • Francisco Wlademir Galvan disse:

      Olá Lorrayne. Paz do Senhor. Fica até difícil de passar uma ajuda para você aqui através dessa mídia. Digo isso porque são muitos os problemas que você relatou e precisaria de um acompanhamento junto a você para que essa situação possa se reverter completamente. Vejo que você começou tudo errado, e fez tudo as pressas, não teve um planejamento para ter início da vida conjugal sem ser dependente de ninguém, e nem buscou a direção de Deus. Posso lhe adiantar, já que você fala em Deus e mostra ser temente a ele e veio buscar ajuda aqui neste ambiente cristão, que Deus é completamente contra a separação. Na vida cristã não é só lutar para se manter materialmente, é preciso também ter uma comunhão diária com Jesus através da oração e leitura da Palavra de Deus. A solução para tudo querida, é Jesus. Aconselho você a procurar seu pastor e relatar toda a sua situação para ele, pedir conselhos e também pedir que lhe ajude em oração, quem sabe fazendo uma campanha de oração. Se você buscar a Deus, e aconselhamento de pessoas idôneas de sua igreja, principalmente do seu pastor, tenho certeza que a paz e a harmonia vai reinar no seu lar. Vou ajudá-la em oração e também pedir aos grupos de oração que intercedam por sua causa. Que Deus abençoe o seu lar grandemente. Volte quantas vezes for necessário, estou aqui para ajudar. Ainda quero ouvir você testemunhando das bênçãos recebidas. Amém.

  21. Gabi disse:

    Bom no momento tenho 16 anos, faço de 17 logo, namoro a 3 anos e 4 meses tirando o tempo que já estamos juntos, com meu namorado de 22 (sim ele é 6 anos mais velho) Quero muito casar com ele já estamos planejando um pouco do casamento para se podermos em 2018 ou 2019. Sou nova mas se for eu esperar “a idade certa” para casar ele já vai estar um pouco velho rs. Tenho muito medo de me casar, bastante pessoas dizem que é ruim e falam bastante coisas desagradáveis de se casar. Todos acham que sou muito nova e ficam até surpresos quando digo que quero me casa e falam que é uma “burrada. Sou nova mas também, não julgo minha maturidade pela minha idade, alcontrario acho que sou bastante madura para a idade.. Meus pais principalmente minha mãe quer que eu me case logo. Bom mas somente tenho esse receio de me casar e me arrepender, mesmo não tendo motivos, tenho alguém que amo do meu lado e isso é maravilhoso!

    • Francisco Wlademir Galvan disse:

      Olá Gabi. Se existe uma estabilidade financeira e condições e de ter o seu lar sem depender de favor, você pode se casar. Vejo que seus pais apoiam o casamento, então não existe uma barreira para isso. Quando ao seu temor, busque uma confirmação de Deus. É claro que na multidão de conselhos existe sabedoria, como diz a Bíblia, mas tenha sua própria direção de Deus e vá em frente. Onde existe amor e dedicação ao trabalho, pode sim haver um lar feliz. Deus vos abençoe em nome de Jesus.

  22. Carlos Almeida disse:

    Tenho 24 anos e minha noiva 23 (noivamos há 1 mês). Estamos namorando há 3 anos e meio, e fazemos namoro de corte (nao nos beijamos nem temos contato fisico). Estou desempregado, faltam 2 anos para ambos formarem na faculdade, ela ganha menos que um salario minimo. Nao vejo condicao para casar nos proximos 2 anos e o maximo que podemos conseguir até formar é um estágio cada um, pra ganhar pouco, sem condições de casar sendo estagiario. cada dia fica mais dificil pois sequer beijamos e a carne ja nao aguenta mais, a idade pesa, e ao meu redor todos os evangelicos que conhecemos estao casando com 22 anos, 21, 20, até 18. muito complicado nossa situação. temos fé em Deus mas a cada dia que passa parece que o fardo fica mais pesado e já não dá mais pra aguentar.

    • Francisco Wlademir Galvan disse:

      Olá Carlos. Com certeza ser fiel a Deus e respeitar a Sua Palavra é uma tarefa bem difícil. Mas pelo que vejo no momento pela sua exposição que fica bem difícil estabelecer um lar nestas condições. Para que fosse possível, o irmão deveria pelo menos ter um emprego em qualquer área enquanto aguarda o fim dos estudos. Na situação que está hoje o nosso país está bem difícil encontrar aquele emprego dos sonhos, mas para Deus não há impossíveis. Continue orando e procurando um emprego, mantenha seu respeito por sua noiva e não dê ouvido para o que o os outros falam. Dê ouvidos para o Espírito Santo. Seja sincero com Deus em oração, exponha todas as suas necessidades físicas e materiais. Ele é um Deus amoro e que conhece todas as nossas fraquezas e necessidades mas espera que nós abramos o nosso coração diante dEle. Você é um vencedor e com certeza vai conseguir sair desta situação. O Senhor vai abrir uma porta. Deus vos abençoe. Estarei orando por vocês.

  23. Clislane pereira disse:

    Olá meu nome é Clislane tenho 17 anos de idade e meu namorado tem 22,somos evangélicos,congregamos na Assembleia de Deus…estamos namorando à 8 meses e estamos planejando casar ano que vem lá pro final do ano,vcs acham certo?? Tipo nós nos gostamos temos planos pro nosso futuro, nunca tivemos relação sexual porém as vezes escolhemos o errado….e ai oq que vcs me dizem?

    • Francisco Wlademir Galvan disse:

      Olá Clislane, a paz do Senhor. Se vocês se amam e tem a aprovação de Deus e dos pais, já que você ainda é adolescente, e tem um planejamento de vida já definido com condições de arcar com todas despesas e responsabilidades advindas de um relacionamento conjugal dentro do casamento, não vejo nada de mal. Não existe um padrão de esposa ideal, ou de esposo ideal. A escolha é pessoal. Deus nunca vai dizer para você casar com quem você não ama. A Bíblia apenas aconselha que a esposa sejá crente e o esposo também para não haver jugo desigual. No mais, todo relacionamento enfrenta problemas porque a mulher teve uma educação e criação formada pelos seus pais, da mesma forma o marido. Então tem que estar consciente de que vão haver diferenças dentro do casamento e algumas adversidades que devem ser superadas com diálogo e oração. Não posso dizer que o seu namorado é o marido certo para você porque não o conheço, mas acredito que nessas poucas palavras pude passar algo útil para você meditar. Desejo a você toda a felicidade em Cristo Jesus.

  24. Natasha disse:

    Bom olá a paz do senhor Jesus meu nome é Natasha tenho 15 anos eu namoro com um homem de 21 ele tem uma filha pois a ex mulher mandou ele embora é disse que nunca gostou dele quando ele era novo de menor teve que parar de estudar no 1°Colegial não porque ele quis mas para poder trabalhar porque se ele não fosse ia passar necessidades pois o pai dele mora longe a mãe dele não tava nen ai pra ele vamos se dizer que era como se fosse abandono da parte dela irresponsabilidade no caso ele trabalhava de pedreiro desde os 15 vamos se dizer ele não tem um serviço registrado uma casa que seje dele ele mora com a irmã dele a pastora , devido ele passar por esse processo na família ele diz sempre pra mim que ele quer se casar para ter uma família a qual ele não teve quando era menor antes de começarmos a namorar oramos e Deus confirmando mas de 4 vezes e eu pedia pra esperar e Deus confirmava de novo ai ele veio fazer um serviço aqui para minha mãe e depois conversou com ela ela deixou nois vamos fazer 10 meses agora dia 26 e nos concersamos muito a respeito de vou bar e casar nos pretendemos a fazer 1 ano e 4 meses para noivar e logo depois casar como sou de menor ano que vem vou estar com 16 vamos noivar sera que tem algum impedimento nisso ? Pois minha mãe deixou noivar só que mudou totalmente de uma hora pra outra dizendo que porque a pressa de se casar sendo que não estou grávida e nem fazendo nada de errado na verdade graças a Deus não fornicamos só que eu disse a ela que preferia me casar e ficar bem mas em paz tranquila sem ninguém quando dizer que é errado namoro muito tempo ou a 2 anos eu fico sem graça pelo motivo de eu saber que é errado isso queria saber oque fazer ela disse que eu vou casar quando termina os estudos e eu não quero ficar namorando muitos anos pra poder esperar e casar …. Me ajude por favor ???

    • Francisco Wlademir Galvan disse:

      Olá Natasha. A paz do Senhor. Como você é de menor vai ter que ter o consentimento de sua mãe no cartório para poder casar. No caso de você se juntar com ele sem fazer o casamento no cartório, também vai estar em fornicação. Quanto a trabalho, para manter um lar é preciso ter um emprego fixo para mantê-lo. No caso dos aconselhamentos que damos, não é uma regra para que a a pessoa estude primeiro e se estruture financeiramente para depois casar, mas é apenas aconselhamento. No caso do seu noivo, ele tem que procurar no mínimo ter um emprego fixo para poder pagar o aluguel e manter o lar. Quanto ao casamento, você vai ter que convencer sua mãe a aceitar porque le vai ter que dar o consentimento. Desjo a vocês muitas felicidades. Que Deus vos abençoe muito.

  25. Eduarda maia disse:

    Namoro a 7 meses e eu e meu namorado já moramos juntos, só que achamos muito cedo para se casarmos. Somos da Igreja, mas isso tudo aconteceu antes de ficarmos Firmes. E agora isso vem causando dúvidas sobre ser pecado ou não.

    • Francisco Wlademir Galvan disse:

      Olá Eduarda. Esses planos pelo vejo eram antes de voltarem para Jesus, agora os planos tem que ser refeitos. No caso de vocês estarem morando juntos, pela Palavra de Deus, vocês estão em fornicação. A Palavra afirma em 1 Coríntios 6.9 e 10 que os fornicários não herdarão o Reino de Deus. Deus vos abençoe grandemente.

  26. Eduarda maia disse:

    Estamos juntos a 7 meses, moramos juntos, mas achamos muito cedo pra casar… O que fazer ?

    • Francisco Wlademir Galvan disse:

      Ir no cartório civil e efetuar o casamento. Se não tiverem condições de pagar, existe um procedimento para que seja feito gratuitamente. Podem se informar no próprio cartório. Deus vos abençoe.

  27. Danilo disse:

    A paz de Deus, boa tarde.Namorei uma moça no período de 1 ano e 3 meses, porém quando comecei a namorar com ela eu não era da Igreja no qual ela frequenta desde o nascimento. Mas no começo deste ano aceitei Jesus, pois senti algo diferente, como se tivesse me libertado da escravidão do mundo. Neste período de namoro tivemos relações sexuais, porém nos arrependemos muito pelo ato, e primeiramente buscamos a Deus para pedir perdão pelo pecado. Mas também confessamos aos pais dela e aos meus pais, e a família dela não pensou 2 duas vezes que teríamos que casar, pois como diz a bíblia que é melhor casar do que abrasar-se. Mas nos arrependemos por este pecado, e se seguirmos juntos temos que casar e assumi a responsabilidade pelo ato e pelo casamento também, porém a minha namorada resolveu terminar o namoro, pois ela não se vê “casada”, mas ela sempre diz que me ama muito, muito mesmo e não quer me perder. Ela achou melhor terminar também porque ela quer conquistar as coisas dela, tipo um emprego, terminar a faculdade dela, comprar as coisas dela, pois ela teve tudo porque os pais dela deram tudo a ela. Talvez ela queira ter aquela sensação de independência e quer mostrar mais maturidade, não só a sociedade, mas também a si mesma. Eu tenho 26 anos, sou formado e vou começar a trabalhar depois do carnaval, pois fiquei quase 1 ano desempregado. Mas sempre falei a ela que poderíamos crescer juntos, eu apoiaria ela nos estudos, nos trabalhos, tudo aquilo que ela sempre sonhou. E também não acho certo que por mais nos separamos e começa a se relacionar com outras pessoas e se nos amamos poderíamos zelar este amor até o nosso casamento, depois que ela se sentir mais confiante a si mesma. o que fazer nesta situação? Obrigado e fique com Deus!!

    • Francisco Wlademir Galvan disse:

      Olá Danilo. Paz do Senhor. Infelizmente essas coisas acontecem pois não podemos controlar o que passa na cabeça das pessoas. Infelizmente pecaram, mas a nossa carne é fraca, como diz a Palavra, e caímos no pecado porque não vigiamos. Mas que bom bom que se arrependeram e confessaram o pecado. Isto tem grande valor diante de Deus. Como você diz, poderiam seguir juntos e ter o crescimento material assim como espiritual, porém, você não pode forçá-la se é que ela não quer seguir com você. Muitos corações já foram partidos nessa vida por causa destas decisões. Aconselho você a buscar ao Senhor em oração para ver se realmente essa pessoa poderá lhe fazer feliz no futuro. Você ainda é jovem, tem uma vida toda pela frente e fica livre para ter um novo relacionamento, já que ela o rejeitou, e você não tem nenhum vínculo matrimonial com ela em cartório, fazendo agora as coisas de forma correta, buscando a direção de Deus e estando na presença dEle. Na minha concepção teológica e espiritual, desde o momento em que houve um relacionamento sexual, vocês se tornaram uma só carne e isto diante de Deus é um casamento, porque os cartórios só passaram a existir a aproximadamente uns 200 anos. Mas repito, você não pode forçá-la a ficar com você, a não ser que ela o queira de livre e espontânea vontade. Fique firme com Jesus, continue frequentando sua igreja e o Senhor vai te ajudar e abençoar.

      • Danilo disse:

        Amém!!! E por incrível que pareça congregamos na mesma Igreja, sempre vejo ela, converso também com ela de uma forma amigável,NÃO SOMENTE NA Igreja, mas também por telefone, site e aplicativos de relacionamento, mas respeitando o espaço e tempo dela, acredito que tem que ser assim. É melhor mesmo deixar acontecer espontaneamente, tudo está no tempo de Deus, e se for da vontade Dele, ficaremos juntos novamente!!..Talvez isso seja uma grande prova de maturidade e paciência com nós mesmos não é verdade?? E com certeza estarei firme com Jesus!!! Muito obrigado e fique com Deus!!

  28. Ru disse:

    Boa noite,sou uma jovem de 20 anos,namoro 3 anos com um rapaz de 22 anos de idade,congregamos na mesma igreja e sofremos uma enorme pressão (da igreja,da sociedade, família ) para casar o quanto antes,mas tem um problema. ..eu não me sinto preparada, pois estou levando uma vida de vestibular,pq antes de casar eu quero me formar,ter um emprego,construir nossa casa,ter estrutura psicológica e fina nceira….mas a pressão chega ser tão forte que muitas vezes ja pensei em pedir um tempo a ele,ou seila oque kk só pra me livrar desse aperto de mente… lembrando que em questão a isso,ele diz que quer casar,mas n toma as devidas providências ($$$$)pra isso ..não faço muita questão de festa,prefiro investir na casa própria. Mas sinceramente, essa pressão chega ser angustiante. Obs- minha mãe é a única que me apoia ,diz que estou certa em querer me estruturar primeiro….Obs-ele é subrinho(praticamente filho) do pastor de onde congregamos.

    • Francisco Wlademir Galvan disse:

      Olá Ru. Realmente a sociedade e a família principalmente cobram, porque querem ver a posteridade e porque também desconfiam ou temem que possam estar andando ou cometendo pecados na carne. O importe na decisão de construir a família é algo tão pessoal como viver a própria vida em família e não pela opinião dos outros. Não vá na conversa de que estão ficando velhos etc. Busque a Deus em oração, peça para ele abençoar o seu relacionamento e preparar o momento certo para o matrimônio. Peça para ele tirar do seu caminho aquilo que está fazendo pressão contrária a sua vontade. Que o Senhor vos abençoe grandemente e sejam muito felizes.

  29. Ana disse:

    Casada há 6 meses, com 20 anos, não aconselho ninguém casar sem ter concluído uma faculdade. Hoje vejo a falta que ela faz. Nosso principal problema é a condição financeira baixa e quando parece que está se resolvendo vem outra “onda” pra nos afogar. Casei por um dos motivos acima, “medo de pecar”. Não acho certo o namoro de hoje em dia que casais tem relações antes do casamento e nos controlamos durante 6 anos. Mas parece que não fiz uma boa escolha, tudo da errada, converso com Deus pra tentar entender se fiz o certo. Amo meu marido e apenas das lutas sou mais feliz quando era solteira e é claro que juntos vencemos qualquer obstáculo, porque um ajuda o outro, mas será que esses obstáculos seriam evitados ou o inimigo não quer nos ver felizes? Planejamos nossa base financeira e um dia iremos alcançar, como diz a música: “Ninguém vem ao mundo somente para sofrer, tenha fé, existe um tempo bom preparado pra você”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Google Translate »