Aproximados de Deus pelo perdão

Aproximados de Deus pelo perdãoConstantemente temos visto casos de pessoas que por muitos anos viveram afastadas umas das outras, tais como pais e filhos, marido e mulher, irmãos com irmãos… Em muitos casos, nem mesmo haviam se conhecido antes. Os motivos que os levou a viverem assim são os mais diversos. Geralmente, situações como estas envolvem pelo menos três coisas: o afastamento, a busca e o encontro, ou reencontro.

O pecado afastou o homem de Deus – Nossos primeiros pais, Adão e Eva, extraviaram-se de Deus, passando então, a viver longe dEle quando transgrediram o mandamento que o Senhor lhes havia dado: “E escondeu-se Adão e sua mulher da presença do Senhor Deus…” (Gênesis 3.8). O apóstolo Paulo descreve a situação da humanidade afastada de Deus, com as seguintes palavras: “Todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus” (Romanos 3.23). E assim, os seres humanos, todos, sem exceção, passaram a viver “sem Cristo, separados da comunidade de Israel e estranhos aos concertos da promessa, não tendo esperança e sem Deus no mundo” (Efésios 2.12).

Deus nunca abandonou o homem, porém, o homem sim abandonou a Deus afastando-se para bem longe da Sua presença levando consigo toda a raça. Desde aquele trágico acontecimento no jardim do Éden, o homem passou a viver como um fugitivo de Deus, de si mesmo, de sua própria consciência. Tem procurado resolver seus problemas espirituais a seu próprio modo, buscando às vezes, um refúgio na religião, nas boas obras, nas riquezas e em tantas outras coisas. E assim, passaram a andar “como ovelhas desgarradas”, cada um andando em seu próprio caminho (Isaías 53.6). E, muitos, em meio a esta busca desesperada, têm encontrado um trágico fim como bem afirma o escritor sagrado: “Há caminho que parece direito ao homem, mas o seu fim são os caminhos da morte” (Provérbios 16.25).

A história do homem em sua vida longe de Deus tem sido bastante conturbada e marcada por uma sucessão de coisas que o tem desapontado cada vez mais em todos os aspectos, e assim, ele tem apelado para muitos meios a fim de encontrar respostas para o seu dilema, tais como: religiosidade, crendices populares, tradições de seus antepassados e muito mais. No entanto, nada disso tem lhe trazido paz ou conseguido preencher o grande vazio existencial que há em sua vida. Só Deus tem a resposta para todas as perguntas da humanidade. Enquanto o homem não encontrar Deus, a busca continua.

Aproximados pelo perdão – Nenhum ser humano poderá, por si mesmo, encontrar o caminho de volta para Deus. Mas o próprio Deus, “que é riquíssimo em misericórdia, pelo seu muito amor com que nos amou…” (Efésios 2.4), na cruz do Calvário veio ao encontro do homem enviando o seu único e amado Filho para “buscar e salvar o que se havia perdido” (Lucas 19.10). E, agora, todos os que vivem longe, pelo sangue de Cristo podem chegar perto dEle e ter perfeita comunhão com Deus. A parede de separação entre o homem e Deus já caiu por terra (Efésios 2.13,14). Não importa o que está acontecendo contigo agora ou tudo o que já aconteceu, no alto da cruz Cristo proclamou o perdão a todo o que nEle crê dizendo: “Pai, perdoa-lhes, porque não sabem o que fazem” (Lucas 23.34). Na verdade, o próprio “Deus estava em Cristo reconciliando o mundo consigo mesmo…” (2 Coríntios 5.18). No momento da morte de Cristo “rasgou-se ao meio o véu do templo” (Lucas 23.44), indicando assim, que o caminho de volta para Deus, que é o próprio Cristo, estava aberto para todos os homens. Ninguém mais precisa viver longe de Deus, o caminho do retorno já está aberto. Jesus mesmo disse: “Eu sou o caminho, ninguém vem ao Pai senão por mim” (João 14.6). Através deste glorioso caminho, milhões já retornaram para Deus. Agora é a sua vez! Faça como fez o filho pródigo quando disse: “Levantar- -me-ei e irei ter com meu Pai…” (Lucas 15.18). Pela nossa fé em Cristo temos acesso a Pai celestial.

Querido amigo e distinto leitor, se você ainda está vivendo longe de Deus, hoje tens a grande oportunidade de se aproximar dEle aceitando a Cristo como Senhor e Salvador. Você precisa urgentemente encontrar Deus! Faça isto agora mesmo pela fé.

Por, Waldemar Pereira Paixão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Google Translate »