A abundante graça de Deus

A abundante graça de DeusViver uma vida feliz e cheia da graça de Deus não é impossível. Porque o Deus de toda graça é o mais interessado em querer que as suas criaturas vivam felizes. E se queremos e reconhecemos que a melhor coisa neste mundo é ser feliz. Cabe a nós, procurar saber como ser feliz de verdade. Porque a felicidade, não é o desejo egoísta de se realizar; custe o que custar, mas buscar o modo eficaz e saudável, de ser feliz. Sabemos que pela busca desfreada de ser feliz, muitos apelam para tudo e todos os modos e meios de ser felizes, não se importando com as dores e infelicidade de si mesmo ou dos outros, que possa vir. Porque a verdadeira felicidade não é ser egoisticamente feliz, mas também ver os outros felizes. Essa é uma felicidade saudável e aplaudida por Deus, porque ela traz consequências prazerosas e duradouras e não deixa prejuízo, esgotamento, vergonha ou sequelas.

No texto de Atos 11.22-24 lemos: “E chegou a fama destas coisas aos ouvidos da igreja que estava em Jerusalém; e enviaram Barnabé a Antioquia. O qual, quando chegou, e viu a graça de Deus, se alegrou, e exortou a todos que permanecessem no Senhor, com propósito de coração; Porque era homem de bem, e cheio do Espírito Santo e de fé. E muita gente se uniu ao Senhor”. Barnabé era um cristão devoto e amante de Deus e o servia com fidelidade. Foi mandado pela igreja em Jerusalém para ver e conferir o que estava acontecendo na cidade de Antioquia. Porque os apóstolos ouviram que o Evangelho tinha chegado nesta cidade e o povo estava alegre e o movimento de Espírito Santo era grande, e a felicidade deles era que: Através da pregação da Palavra de Deus, o povo creu em Jesus, foram libertos do pecado, da idolatria e da superstição que os aprisionava; além do mais, receberam a gloriosa presença do Espirito Santo e a alegria tinha invadido os seus corações.

Então era necessário aos apóstolos saberem se aquela alegria era oriunda de um verdadeiro avivamento e conforme a Palavra de Deus ou a alegria oriunda de um movimento carnal, enganoso, herético e fantasioso.

Quando Barnabé chegou nesta cidade e viu a alegria e felicidade do povo, e que era uma felicidade saudável e verdadeira, se alegrou. E exortou a todos que continuassem neste caminho e procedimento porque Deus era com eles.

Porque Barnabé não era menino nem um pastor neófito para se empolgar e se deixar envolver com qualquer coisa, mas conhecia a verdade da Palavra de Deus, por isso aprovou aquele avivamento e alegria reinante naqueles corações.

Com isso, eu quero dizer que você pode também desfrutar de uma verdadeira alegria e felicidade. Deus é o promovedor da verdadeira alegria. O mundo se engana em buscar uma alegria falsa, exótica, injusta e opressora; oferecendo aos homens e mulheres uma ilusão, um modo de alegrar o coração com coisas que não são suficientes para uma plena felicidade, muito embora aparentemente pareça real.

A verdadeira alegria está no fato de você ser feliz no seu interior, no interior do seu espírito, onde o Espírito Santo pode proporcionar a paz, a pureza, e onde Deus quer chegar e dar vida e vida com abundancia. E isso só é possível mediante uma nova vida, uma reflexão da vida pregressa com arrependimento e uma nova atitude de vida de retidão com a ajuda de Deus. E isso Ele está pronto para ajudar e encaminhar no caminho que Ele mesmo providenciou para você e para a toda humanidade. “Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o Seu Único Filho para que todo aquele que nele crer não perca, mas tenha a vida eterna. Disse o Senhor Jesus” (João 3.16).

O apóstolo Paulo ainda ensina que onde o pecado se espalhou, dominou, trazendo opressão e tristeza, ali também a maravilhosa graça de Deus pode predominar abundantemente no coração de quem buscar a Deus com sinceridade e com verdade. Alegrem-se na esperança, sejam pacientes quando vier a tribulação, perseverando em oração (Romanos 5.20; 12.12).

Por, José Edson de Souza.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Google Translate »