Como se calcula a idade de Jesus ao morrer?

Como sabemos que Jesus faleceu com cerca de 33 anos e meio de idade? Como é feito esse cálculo?

Como se calcula a idade de Jesus ao morrerFalar com precisão sobre a idade que Jesus tinha ao morrer está longe de ser uma tarefa fácil e descomplicada para o estudante das Escrituras Sagradas, uma vez que os Evangelhos não são como alguns acreditam uma espécie de “diário moderno” da vida de Cristo.

Ao contrário, é possível notarmos que os evangelistas não tinham como foco principal o interesse no “quando” da maioria dos eventos relacionados à vida do Mestre, o que se comprova pelo silêncio bíblico entre o período que vai dos doze aos trinta anos da história de Jesus.

Tal dificuldade se justifica pelo fato do texto bíblico não ser essencialmente um livro de história geral, antes, seu propósito original é ser um livro de salvação, que revela a incansável, justa e amorosa história de Deus em redimir e recuperar o ser humano caído e toda a criação das trágicas consequências do pecado.

Entretanto, embora não haja nas Escrituras uma passagem que afirme categoricamente com que idade Jesus morreu, é possível, com base em algumas informações extraídas dos Evangelhos de Lucas e João, chegarmos a uma idade provável, conforme apresentaremos a seguir:

A primeira informação diz respeito ao início do ministério de Jesus, que, nas palavras do médico e historiador Lucas, “tinha cerca de trinta anos de idade quando começou seu ministério” (Lucas 3.23). É interessante destacar que essa também era a idade, de acordo com o Pentateuco de Moisés, que os levitas deveriam iniciar seu ministério no Tabernáculo (Números 4.3,47), bem como a idade que Davi começou a reinar (2 Samuel 5.3,4). Outro detalhe digno de destaque é que o ministério de Jesus inicia-se após seu batismo, pouco tempo depois de João Batista começar o seu.

A segunda contribuição vem de João, que nos ajudará a quantificar o tempo de duração da vida pública de Jesus. O Evangelho de João, diferente dos demais (que narram apenas uma Páscoa durante o período que Jesus ensinou), apresenta-nos três Páscoas durante seu ministério: a primeira em Jerusalém (2.13-25), a segunda na Galileia (6.4) e a terceira novamente em Jerusalém (11.55). Alguns admitem que a expressão “festa dos judeus” (em 5.1) seja uma referência à Páscoa; caso se confirme esse dado deveríamos acrescentar à cronologia de João mais um ano. Tais evidências nos apontam um ministério com no mínimo três anos e alguns meses de duração, considerando ser a páscoa uma festa comemorada anualmente pelos judeus.

Desta forma, com base nas informações ora explicitadas como resultado da soma dos trinta anos apontados por Lucas mais as três ou quatro páscoas narradas por João é que, histórica e majoritariamente, a tradição cristã tem admitido 33 anos e meio como a idade aproximada de Jesus ao ser crucificado no calvário.

Soli Deo Gloria.

Por, Rafael Rodrigo Figueiredo Luz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *