“Este ano será diferente!”

“Este ano será diferente!”Todo final de ano é assim: as pessoas se permitem refletir sobre como foi o ano, em uma espécie de balanço interior, e algumas, após essa reflexão, acabam deprimidas ao perceberem que muito pouco ou quase nada mudou em suas vidas. É nesse momento que surge o pensamento: “Este ano será diferente!”.

O final ou início de ano sempre mexe com as emoções, fazendo com que revivamos experiências da nossa infância e das nossas relações familiares, independente se elas tenham sido boas ou más. Algumas pessoas se deprimem quando recordam de situações traumáticas, como alcoolismo na família, perdas importantes etc. Outras até entram em um estado de euforia, como se fossem aquela criança com suas boas lembranças e a sensação do esplendor das festas, em um processo lúdico. Algumas passam por euforia no sentido de que o ano está acabando, e em suas mentes buscam deixar para trás o dia 31, almejando ansiosamente os 365 dias do novo ano, acreditando assim que as novas possibilidades chegarão e tudo será diferente. Decidem assim que, a partir do dia 1º, tudo será diferente, quando sabemos que essa mudança de 2016 para 2017 é uma mera troca de nosso calendário gregoriano. Há pessoas que utilizam dos mecanismos de defesa da mente – como o da negação – para não entrarem em contato com seu próprio eu interior. Assim, cada pessoa reage de maneira diferente.

A partir dessa compreensão entendemos as famosas listas de sonhos e desejos. Mesmo após a retrospectiva e a análise interna de suas frustrações por não terem conquistado seus altos intentos anteriores, surge uma nova lista, não raramente com itens repetidos de listas antigas. Não são poucas as pessoas em que seus sonhos não saem de suas listas de desejos. O que ocorre é que geralmente as pessoas fazem listas enormes e, por que não dizer, inatingíveis. Listas que englobam uma infinidade de desejos, como viajar bastante, emagrecer, mudar de casa, mudar de trabalho, voltar a estudar, ficar rico, ter um filho etc.

As listas tornam-se por vezes inatingíveis, não porque sejam absurdas, mas porque certos sonhos são, na verdade, ilusões e delírios. Por exemplo: a pessoa quer enriquecer em um ano, comprar um carrão, mas dorme o dia todo e não trabalha, nem tampouco tem fontes de renda. O primeiro passo é arrumar um trabalho ou estudar e se preparar para conquistar o possível, de degrau em degrau, de conquista em conquista e, após uma árdua jornada, talvez o carrão nem faça mais parte da sua lista, pois a maturidade pode ter te mostrado que o mais importante é uma casa própria.

Muitos querem conseguir as coisas de forma mágica, mas isso dificilmente existe. O que verdadeiramente existe é a atitude. A pessoa que quer conquistar seus sonhos precisa tomar decisões e deixar a zona de conforto, o que implica tomada de atitude e principalmente sacrifícios. Decidir sem atitude não resolve. Habilidade sem atitude também não. Conhecimento sem atitude é um livro fechado esperando ser lido. É muito comum ouvir no consultório pessoas dizerem que querem mudanças, mais quando observo percebo que isso está apenas no campo do desejo, são apenas falas, porque na verdade não estão dispostas a pagar o preço para que consigam atingir seus objetivos. O ser humano é responsável por suas escolhas, e alguns cristãos tendem a dizer: “Se for a vontade de Deus, os meus sonhos e desejos tornar-se-ão realidade”. Amém! Claro que sim! Sempre a vontade diretiva ou permissiva de Deus prevalecerá, porém, o que depende de você, de suas atitudes e determinações, Deus não fará por você! Lembre-se de Moisés no deserto. Disse Deus: “Diga ao povo que marche!”. Você faz a sua parte e Deus, por seu insondável amor, abre o mar.

Agora, pergunto: você realmente quer fazer mais uma lista para 2017? Se sim, qual o objetivo de sua lista? Por quantos dias do ano novo você irá se manter entusiasmado com ela? Sua lista terá datas precisas para início, meio e fim de cada ação ali descrita? Sendo mais incisiva: você vai sair da zona de conforto? Se você estiver realmente disposto a realizar mudanças em 2017, crie estratégia e trace planos para que você alcance seus objetivos. É importante que você sonhe, analise, planeje, coloque datas, insira tudo isso na sua agenda diária e evite a procrastinação, vulgo “empurrar com a barriga”.

Um exemplo interessante é o da pessoa que quer emagrecer dez quilos em um mês e quando emagrece dois quilos no mês fica frustrada. As pessoas precisam ter coerência em suas atitudes. A pessoa precisa observar quais benefícios terá com o emagrecimento. Melhor a pessoa conseguir emagrecer dez quilos em seis meses, com saúde e de forma equilibrada e saudável, comemorando quilo a quilo, do que adoecer por desequilíbrio. Quando falamos de sonhos, metas e conquistas, um aspecto muito importante é que a pessoa consiga trabalhar suas questões emocionais, principalmente a ansiedade e a tolerância à frustração.

É importante deixar claro que não importa o quão longe está a realização dos seus sonhos: o importante é você ter atitudes reais e possíveis, para que de passo em passo você saiba que está mais perto do que antes para a concretização de seus sonhos. Outro destruidor muito comum da concretização de sonhos é o medo. Embora seja natural sentirmos medo do desconhecido ou em frente ao novo, é importante possuir o entendimento de que, independente da mudança gerar medo e ansiedade, o que não pode acontecer é se deixar paralisar.

Com disciplina, determinação, fé em Deus e dependência naquilo que somente Ele pode fazer, com persistência e coragem, você poderá alcançar muitas coisas boas, uma a uma. As mudanças em sua vida ocorrerão a partir da sua atitude. Além disso, embora não possamos mudar o outro, as nossas mudanças poderão interferir nos que nos cercam, incentivando-os a uma mudança mútua e mais natural.

Seja sincero com você mesmo, analise o que você realmente quer para sua vida. Se nos últimos anos você tem feito lista, sejam elas escritas ou em forma de oração, não importa. Nada contra as listas. O importante é você reconhecer que o teu pedido a Deus é bom e sincero, que sua parte você está fazendo, e continuar na dependência e dispensação dEle para fazer o além, o mais, o sublime na sua vida.

Agradeça a Deus pela sua infinita misericórdia, que te permitiu estar vivo, lendo este artigo. Que Deus possa te dar um 2017 repleto de bênçãos, e possibilite a você renovar a sua mente para que aquilo que cabe a você, aquilo que você pode realizar com coragem e ousadia, seja realizado crendo que tudo é possível ao que crê.

Não se desespere! Aprenda a viver cada dia de sua vida da melhor maneira possível, pois, como diz o rei Salomão, “a bênção do Senhor é que enriquece e não traz consigo dores” (Provérbios 10.22).

Por, Valquíria Salinas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *