Jetro, Reuel e o pai da mulher cuxita

Se Zípora era midianita e Moisés casou-se também com uma cuxita (Números 12.1), então Moisés tinha dois sogros? Não seria esta a justificativa para os vários nomes do sogro de Moisés?

Jetro, Reuel e o pai da mulher cuxitaAs discussões em torno do nome do sogro de Moises envolvem reflexões e pesquisas feitas com resultados às vezes divergentes. O fato de haver três nomes atribuídos ao sogro de Moisés: Jetro, Reuel e Hobabe, pode ser visto sob a ótica da possibilidade de Moisés ter contraído um segundo casamento com uma mulher cuxita, com base em Números 12.1. A identidade e mais detalhes sobre essa mulher tem dado margem a interpretações diversas do contexto. Para uns, trata-se de uma segunda esposa com quem Moisés casou. Para outros a cuxita é a própria Zípora analisada sob outra ótica sociológica.

Alguns entendem que se tratava de duas pessoas, tal fato poderia dar base para os vários nomes dos sogros de Moises. Este argumento se mostra incipiente, pois a Bíblia nos assegura que Jetro e Reuel são as mesmas pessoas. Reuel era sacerdote de Midiã e pai de Zípora (Êxodo 2.16-21), que, por sua vez, era esposa de Moisés e filha de Jetro (Êxodo 4.18 25), sendo este sogro de Moisés e sacerdote de Midiã (Êxodo 18.1). Já Hobabe é mencionado como cunhado de Moisés (Números 10.29), o que descarta também tal tese. Restaria, talvez, a hipótese de que esse sogro de Moises fosse o pai da sua segunda esposa e sobre isto muito se confabulou.

Alguns mencionam a remota hipótese da mulher cusita ser alguém de um relacionamento anterior de Moisés, alegando relato de Flávio Josefo, segundo quem Moisés já tinha uma noiva ou esposa prometida antes de sua fuga para o deserto. Na obra História dos Hebreus, publicada pela CPAD, há um relato de Josefo sobre uma noiva ou esposa prometida que o então general Moisés teria quando libertou o Egito de uma invasão etíope e acabou conquistando o coração da princesa desse país e acabou recebendo-a por esposa. Esta hipótese lendária é pouco provável, pois Moisés fugiu da ira de Faraó e seria impossível manter uma noiva ou esposa no palácio e a menção sobre a mulher cuxita se dá muitos anos depois, em plena jornada no deserto, quando Moisés era casado com Zípora e tinha filhos crescidos.

A única menção que se faz à mulher cuxita de Moisés é esta de Números 12.1. Nada mais é escrito sobre ela. De forma que muito entendem que se trata da mesma Zípora, por ser ela midianita termo ligado a cusã, daí Cuchã (NVI) ou Cuxe. Todavia, alguns entendem que as grafias cusita, cushita, kushita e cuxita se referem a pessoas do reino de Kush, que no passado fez parte do reino de Axum, atual Etiópia. Isto deporia contrário à possibilidade de Zípora ser a mulher cuxita, pois ela era conhecida como midianita. Moisés já havia libertado o povo e estava acampado no deserto quando Jetro lhe trouxe Zípora e seus dois filhos (Êxodo 18.5). Nesse ambiente, Moisés recebeu os conselhos de Jetro e delegou atribuições às lideranças. Depois de passar em Quibote-Hataavá, o passo seguinte foi o acampamento em Hazerote, onde Arão e Miriã se rebelaram contra Moisés e o criticaram por causa da mulher cuxita (Números 12). É visível que Zípora tinha pouco tempo de convivência no acampamento com os irmãos de Moisés. Estes, por sua vez, usaram o pretexto de sua nacionalidade não hebreia para criar uma acusação contra Moisés escondendo o verdadeiro motivo que era contrariar sua liderança. Não está em foco a proibição ou não proibição de Moisés contrair casamento com uma cuxita, mas o fato de que, de fato, Zípora era novata no convívio com os irmãos de Moisés. Isto reforça a tese de que essa mulher cuxita era mesmo Zípora, apesar de a maioria dos comentaristas entenderem o contrário. A Bíblia não relata o retorno de Zípora à Midiã, apenas o de Jetro (Êxodo 18.27). Ela deve ter ficado ao lado de Moisés e seus filhos, uma vez que os descendentes de Moisés são contados entre os levitas (1 Crônicas 23.14-17).

Fato é que, sendo ou não a mulher cuxita pessoa diversa de Zípora, não há margem para afirmar que os nomes Jetro e Reuel pudessem ser atribuídos a pessoa diversa do pai de Zípora.

Por, Jossy Soares.

Uma resposta para Jetro, Reuel e o pai da mulher cuxita

  1. edvanice disse:

    No estudo que fiz a este assunto a minha conclusão é que zipora e a cuchita são a mesma pessoa pois não existe fatos bíblicos que realmente prove este assunto e fica estranho acreditar nesta possibilidade. Obr.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *